Homofobia Basta!

Homofobia x Evangélicos

Bom, isso é uma coisa que não deveria existir, um conflito entre um crime e uma religião.

Pra começar, é bom deixar claro, que nem todos os evangélicos são homofóbicos, mais quase todos os parlamentares ( Senadores ) que são contra a criminalização da Homofobia são.

Você deve se fazer a pergunta: Porque os senadores evangélicos não querem criminalizar a Homofobia?

A Resposta é simples: Preconceito!

Pois é, tais senadores contrariam a própria palavra de Deus ao negar proteção a um certo grupo de pessoas, no caso os homossexuais!

As Alegações do Senadores Evangélicos são:

1 – “Criminalizar a Homofobia é tirar o direito de pregarmos contra o homossexualismo”

Refutação: Mentira, O PLC 122, não priva ninguém de criticar ( sem ofender ) a conduta homossexual, no caso as relações homossexuais, sentimentos homossexuais, etc… O projeto deixa claro:

“§ 5º O disposto no caput deste artigo não se aplica à manifestação pacífica de pensamento decorrente de atos de fé,fundada na liberdade de consciência e de crença de que trata o inciso VI do art. 5º da Constituição Federal.” (NR)”

http://www.plc122.com.br/plc122-06/

Ora, então porque continuam resistindo em aprovar a PLC 122?

2 – A Outra Alegação vem do Deputado Magno Malta, que faz o desfavor de confundir a cabeça dos fiéis, além de promover a ignorância, pois suas argumentações são infundadas e baseadas no ódio.

“Se aprovarmos um projeto desses, de você ser criminoso por não aceitar a opção sexual de alguém, é como se vc estivesse legalizando a pedofilia, o sadomasoquismo, a bestialidade.” 

Segundo a visão de Magno Malta, e do que depender de seus esforços, o processo será arquivado novamente devido a inconstitucionalidade que ele apresenta. “Se aprovarmos um projeto desses, de você ser criminoso por não aceitar a opção sexual de alguém, é como se vc estivesse legalizando a pedofilia, o sadomasoquismo, a bestialidade.” O Projeto de lei PLC 122 traz sutilezas que prejudicariam a sociedade brasileira, conforme explica o senador. “Porque o advogado do pedófilo vai dizer, senhor juiz a opção sexual do meu cliente é criança de nove anos de idade. O juiz vai decidir como, se está escrito que é crime?”

Refutação: Ora, o Senador, relator da CPI da Pedofilia, não sabe diferenciar Opção Sexual/Orientação Sexual/Pedofilia?

Não queremos criminalizar quem fala mal de opção sexual, sabe porque? Porque a PLC 122, quer criminalizar violência praticada contra homossexuais, e o termo opção sexual não se aplica no caso, pois homossexualidade não é opção, é condição, coisa mais do que comprovada pela Psicologia e Medicina, não há como na PLC 122, legalizar a Pedofilia, pois ela não tem nada haver com orientação sexual, você tratou muito bem da pedofilia e não sabe agora, diferenciar?
 
A Homossexualidade não é uma doença como a pedofilia,( CID 10 – F65.4 ), muito menos com o Sadomasoquismo ( F65.5 ) ou Bestialidade ( F65.8 ).
Agora a respeito da Homossexualidade, o senhor tem uma mente bem quadrada, aliás, homofóbica. A Homossexualidade não é uma doença. Leia meu caro:

         Em 1984, a Associação Brasileira de Psiquiatria aprovou a seguinte resolução: “Considerando que a homossexualidade não implica prejuízo do raciocínio, estabilidade e confiabilidade ou aptidões sociais e vocacionais, opõem-se a toda discriminação e preconceito contra os homossexuais de ambos os sexos .”
       Em 1999 O Conselho Federal de Psicologia publicou uma resolução que deixa claro: “”a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão” e que os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura da homossexualidade[ visto que se não é uma doença, não tem tratamento.].” ( Chaves minhas )
         Espero ter sido claro, e espero que o senhor pare de comparar os homossexuais a criminosos e doentes mentais e que os mesmos que te acompanham não façam o mesmo.
 
        Crime quem esta cometendo é o senhor, você se enquadra no crime de: Terminologia errada: difamação, crimes relacionados e problemas éticosNo Brasil, os crimes previstos são os de difamação ,[61] calúnia e injúria (artigos 138 até 140 do Código Penal), com penas agravadas quando o crime for praticado em público (art.141, III), além da possibilidade de penas adicionais por incitação ao ódio e à violência contra o não-pedófilo (incitação ao crime, art. 286 do CP) .[62]

Em casos extremos, por exemplo, envolvendo o bullying ou o linchamento moral público de um não-pedófilo sendo chamado de pedófilo, outros crimes podem ser acrescidos, como constrangimento ilegal (art.146 do CP) e exercício arbitrário das próprias razões (art.345 do CP). Por fim, se de tal ato resultar o suicídio do não-pedófilo, dependendo da corrente jurídica, poderá haver também enquadramento pelo crime de induzimento ou instigação ao suicídio (art. 122 do CP)[63] ou pelo crime de homicídio doloso (com intenção), se o suicídio for decorrente de maus tratos morais.[64].

Homofobia em nada tem haver com Pedofilia, Homofobia é crime motivado por ódio a homossexuais enquanto Pedofilia é o abuso de um individuo ( Seja hetero, bi ou homo ) de 16 anos para cima com um menor de 16 anos – ver detalhes na jurisprudência brasileira –

3 – “Aprovar uma lei Anti-Homofobia é aceitar a homossexualidade na igreja”

Refutação: 1 – Primeiro, nossa constituição garante direito de opinar desde que não ofenda a dignidade da pessoa humana, logo o que a igreja ou alguém fale e condene por “errado ou pecado” é direito dela, ela não pode é se baseando no que é “errado e pecado”, chamar um homossexual de pedófilo, ladrão, assassino, só por ser homossexual, coisa que já ficou esclarecida acima.  2 – O Estado é separado da Igreja, um não pode intervir no outro, por exemplo: O estado permite o divórcio, a igreja condena. Fica a critério de cada um escolher se divorciar ou não.  3 – Desde quando aprovar uma lei que pune pessoas que assassinam, humilham, ridicularizem, maltratam alguém por sua orientação sexual vai contra os princípios Bíblicos? Muito pelo contrário. Primeiro que: “… para com Deus, não há acepção de pessoas.” – Rm 2:11;  Segundo que:  “Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus”- Gl 5:21, logo o homicídio é um pecado a ser condenado; Terceiro:  “Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva? – Ezequiel 18:23, Logo fica claro que Deus não deseja a morte de ninguém, seja da maneira que for;

Isso já seria suficiente para os cristãos serem a favor da criminalização da homofobia, para garantir o direito a Vida que Deus lhe deu, pois só aquele que deu a vida tem o direito de tirar, ou seja, Deus!

Mas meus queridos evangélicos, quero lhes deixar na prática a diferença entre Homofobia e Crítica do comportamento homossexual.

Vocês sabiam, que um dos “maiores” pastores dos dias de hoje, mandou a simpática, doce e espiritual pastora que consegue levar a mensagem de Deus através do louvor a pessoas de outras religiões a fim de conhecerem a Jesus muito mais do que fazer propaganda de Bíblia inexistentes como “Bíblia da mulher que ora, Bíblia da Vitória Financeira” ou fornecer cartões “Gold, Master e Plus para quem doar mais”, já devem imaginar de quem eu estou falando… Dele mesmo… Silas Malafaia! Pois é, ele “educadamente” mandou a Pastora Ana Paula Valadão Calar a Boca e o motivo foi…? Homofobia.

Silas Malafaia via Twitter para:  @anapaulavaladão Obrigado pela omissão de vocês em não [dar] RT (ato republicar uma mensagem, na linguagem do Twitter) para conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto tão fundamental que favorece os homossexuais. Se Twitter é para mostrar fotos e agenda é melhor acabar porque não presta pra nada”, enviou para todos os cantores, e completou: “Vamos usar o Twitter para algo proveitoso no Reino de Deus, e não para futilidades”.

Sem mencionar nomes, a Pra. Ana Paula postou: 

“Tive a tristeza de ler alguns twitts que citam meu nome com acusações e julgamentos. É verdade, cada um dará contas de si mesmo a Deus, e de cada palavra que proferimos. Lamento por algumas partes do Corpo de Cristo que se acham no direito de acusar outros por não agirem como eles sentem que Deus os chamou para agir. Eu só posso dizer o q eu sinto q Deus quer que eu diga.

Avivamento, a volta de uma pessoa ou de uma nação para Deus e Seus princípios, a meu ver não é algo que aconteça de cima para baixo. Podem haver leis proibindo isso ou aquilo e as pessoas continuarem na prática de pecado. Creio que o avivamento vem de baixo para cima e a mudança ou estabelecimento de leis segundo os padrões de Deus serão consequência do que se passa numa sociedade em avivamento, que quer Deus mais do que querer mudança ou impedimento de legislação. De cima para baixo.

Clamo por mudança do coração das gentes, da nação, de baixo para cima. Por exemplo: se as pessoas temerem a Deus não abortarão seus bebês, ainda que haja uma lei a favor do aborto. Oro pelo o avivamento espiritual no Brasil. Se isso resultar em leis segundo Deus, amém. Se não, tudo bem, porque pessoas temerão Deus de qualquer maneira.”

Irritado por ela não ter citado o nome dele, por não dar IBOPE e não querer criar intrigas, Silas Malafaia, responde: “Quando é para defender seu nome, responde rapidamente. Quando é para defender o Reino de Deus, diz que está viajando” e completou “Tem gente que perde a oportunidade de ficar calada. …”  

http://noticias.gospelmais.com.br/silas-malafaia-ataca-ana-paula-valadao-aline-barros-19533.html

Conclusão: Observaram o o que é homofobia e o que é critica? Enquanto Silas Malafaia quer negar direitos a homossexuais, a Pra Ana Paula mesmo não concordando com a homossexualidade, apenas disse que mesmo sem lei as pessoas praticam o que querem e que a missão e o clamor dela é pela mudança de coração. 

É Fácil observar uma atitude homofóbica, abra o site do Silas Malafaia e vai ver algo relacionado a homossexualidade de cara, algo condenando! Quem discorda dele, tem que ficar calado como ele mesmo disse! Favorecer pessoas que não vivem de acordo da maneira que queremos é uma heresia! Ora pessoal, A Bíblia nos ensina a não julgar, não julgar qualquer um que seja, e que nem ditemos condenação aqueles que não concordam com o que nós concordamos, cada dará conta de si a Deus, a missão dos Cristãos ( creio eu ), é “Ide e pregai o evangelho a todas as nações” e não: “Ide, faça barraco e crie dissenções com quem não concorda com você”, vivemos em uma sociedade pluralista, onde estudamos, trabalhamos, nos divertimos tem pessoas de vários tipos de religiões, Espíritas, Budistas, Católicos, Ateus, Judeus e temos que respeitá-los, Jesus nos ensina a sermos mansos, humildes de coração, pacientes e respeitosos.  

E que fique claro novamente, a PLC 122, não vai impedir que ninguém critique o comportamento homossexual, a igreja poderá continuar a considerar “pecado ou errado” a homossexualidade, assim como você como pessoa também! A Lei não retira direito de ninguém, ela só garante direitos a pessoas que são marginalizadas e humilhadas e tem seus direitos vetados por não ter na lei, algo que legitime a sua cidadania, é absurdo que ainda tenhamos que tolerar isso, somos todos iguais perante a Lei, tanto a do homem, quanto a Deus, como já diz a Bíblia em Romanos 2, vers. 11 “Para com Deus não há acepção de pessoas”

 Então por favor, peço a vocês que votem a favor da PLC 122, que garante o dignidade a homossexuais e previnam atitudes cruéis contra os mesmos, clique na imagem abaixo e assine a petição e repasse aos seus amigos!


3 Respostas to "Homofobia x Evangélicos"

Esta matéria da homofobia ganha tanta visibilidade – que é preciso perguntar: Por que? A quem interessa a aprovação disto? Por que estão tentando dar um perfil a sociedade brasileira – liberal e promíscuo? Existe sim aí interesses velados, mas tais pessoas estão debaixo do juízo de Deus. Precisa ser atrevido e despudorado para
sustentar este lixo de KIT GAY. OK=

Meus parabens pelo texto. Sou adventista e a FAVOR do casamento gay, assim como da adoção de crianças por homossexuais. Na verdade, a maioria dos que são contra leem apenas uma ou outra frase da biblia, totalmente fora do contexto, e seguem o que a maioria quer, como maria-vai-com-as-outras.

Davi e Jonatas foi a mais linda historia de amor de toda a Escritura… e Deus nunca a condenou.

Caros,
Sou evangélico, praticante e fiel a Palavra de Deus. Gostaria de externar minha opinião e expressar minha profissão de fé.
Saibam que um cristão é identificado por algumas marcas que são notárias em modo ou estilo de vida. Abaixo segue algumas:
-> Ele imita o Mestre (Cristo) – (1 Jo 2:4), (1 Jo 2:6) e (1 Co 11:1);
-> Ele quer estar junto do Mestre (Cristo) – (Jo 6:68-69);
-> Ele tem uma vida frutífera. Frutos é do… homem para Deus e dons é de Deus para os homens – (1 Co 12:11), (Tg 1:17) e (Jo 15:8,16);
-> Ele tem que ter relacionamento profundo com outros discípulos (Comunhão) – (Jo 13:15), (Jo 17:21) e (1 Co 12:12);
-> Ele tem que fazer discípulos – (Mt 28:19)
-> É Obediente – (Lc 17:10) e (Mt 24:45-47)
-> É Fiel = Aquele que cumpre aquilo que se obriga – (Ap 2:10)
-> É Prudente = pessoa que busca evitar erro ou dano – (Mt 24:45)
-> É Produtivo – (Mt 24:45)
-> É Amor Voluntário – (1 Co 9:17)
Enfim, a questão de divergência entre o Pr. Silas e a Pra. Valadão é um direito que os compete, mas o fato é que o povo cristão tem ter unidade em todas as áreas, assim como diz na Palavra de Deus.
“Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.” (1 Co 1:10)
Então, ser homossexual é um direito, mas ser heterossexual também o é. O “kit gay”, na forma como estava, era uma invasão na forma que cada família tem de educar seus filhos, seguindo seus preceitos e religiões. Digo que a Presidenta Dilma agiu bem, e na prometida “defesa intransigente dos Direitos Humanos”, ao não permitir o abuso do “kit gay”, indicando a necessidade de o material ser revisto e submetido ao crivo de todos, e não apenas do grupo que o engendrou. Interromper a apologia do “kit gay” foi gesto de coragem da Dilma, respeitando os direitos humanos dos cristãos, judeus e muçulmanos no Brasil. Maiorias também devem ser respeitadas, também são cidadãs, pagam impostos, trabalham, têm direitos. Precisamos combater todas as formas de discriminação, mas através de medidas que não ofendam outros brasileiros, como é o caso do “kit gay”. Combater a discriminação é uma coisa, o “kit gay” é outra. Que façamos um material com respeito a todos e ouvindo os diversos segmentos deste país. O “kit gay”, assim como querer mudar à força o conceito milenar de casamento, é exagero do ativismo homossexual que, no final das contas, até prejudica a sua causa. Isso afasta os religiosos moderados, que como todos, moderados ou não – são afrontados com uma campanha que está se tornando teofobia, heterofobia e tirania às avessas. Isto é um desserviço ao país e até aos homossexuais. Isso faz com que a maioria dos cristãos, de índole pacífica, precise se mobilizar para que seus filhos não sejam objeto de propaganda daquilo em que tem o direito de não crer nem aprovar. O ativismo gay chama o direito de opinião dos outros de “homofobia”, em exagero que lembra Narciso, que acha feio tudo que não é espelho. Do outro lado, erram os religiosos que querem impedir que quem não comunga da mesma opinião tenha o direito de escolher como vai viver a sua vida. Erram os dois lados, repito. Precisamos criar por lei a união civil, com todos os direitos cabíveis. E precisamos fazer isso sem afrontar os direitos humanos das maiorias. Maioria também é gente! Precisamos combater as discriminações todas, não apenas as contra um grupo. Ou os gays merecem mais atenção que negros, índios, pobres etc.? Não é porque o movimento homossexual é mais articulado que se pode, à luz da Constituição Federal vigente, fazer todo um esforço via MEC onde se trabalha contra apenas uma das formas de discriminação. Não é estranho? Por que não lutar contra todas elas? Algum discriminado vale mais do que os outros? Incendiar índios e pobres não é algo a ser coibido? O racismo escondido desse país não deveria ser lembrado também? Nesse passo digo que, acertou o Senador Marcelo Crivella em propor substitutivo ao PLC 122, protegendo as pessoas não apenas da homofobia, mas também da heterofobia, do machismo e de outros abusos. Não existe sexo ou orientação sexual mais importante que outro(a), mas o projeto original parecia dizer isso, além de desrespeitar o direito de crença e de opinião. O substitutivo proposto por Crivella é tecnicamente superior, ataca o problema e não aumenta a discriminação, merecendo elogios de todos, ao menos de todos os que não são “xiitas” para um lado ou para o outro. O país é de todos. Não é nem dos religiosos nem do movimento gay. Vamos combater a homofobia, a heterofobia e a teofobia.
Nenhum dos dois lados pode impor suas crenças e teorias ao outro se valendo da força. Erram os religiosos que procrastinam na edição de leis que preservem direitos, como é o caso da união civil, e erram os ativistas que querem mudar os conceitos históricos, como o do casamento, para atender a seus desejos e ignorando que não se mudam conceitos sem a anuência de todos.
O fato mais certo é que “de maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.”(Rm 14:12).
Deixo aqui meu parecer e minha posição sobre este assunto tão debatido atualmente e agradeço a Deus por hoje a PEC 23/2007 ter sido rejeitada por falta de quorum parlamentar na ALERJ e assim ter sido feita a vontade de Deus através dos homens. Amém!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 439,598 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: