Homofobia Basta!

O Medo do diferente é a causa de muitas mortes

Posted on: 6 de julho de 2011

Medo é o sentimento de inquietação, de apreensão em face de um perigo real ou imaginário. A palavra medo relaciona-se também com receio, temor, horror, pavor, pânico.

A propósito, vejamos como se expressou sobre o medo Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, há algum tempo muito discutido nos meios da psicanálise: “o medo é um sentimento que nos inspira a possibilidade real de sermos afetados por um mal real, por um mal que conhecemos pela experiência”.

Mas em que a homossexualidade transmite medo? Simplesmente por ser desconhecida! Embora sempre tenha existido, as pessoas acham que ela é como uma gripe, que espirrou, espalhou… e não é isso. As pessoas são tomadas por pre-conceitos, estes são muitos, incluindo ai as ciências que explicam os fenômenos relacionados a sexualidade, como a Psicologia, Psicanálise e Psiquiatria, que explicam a normalidade e naturalidade da homossexualidade, porém as pessoas ainda se mantém no conceito de que as ciências Psi. são as ciências de “maluco”, de fato tentamos entender a mente esquizofrênica porém não se resume a isso, é muito mais amplo que isso, a esquizofrenia não representa nem 10% dos estudos Psi.

Infelizmente foi preciso o aumento do índice de psicopatologias para que a população em geral recorresse as ciências Psi., doenças como a depressão, síndrome do pânico, transtorno afetivo bipolar, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, fobias, etc… como são doenças que quando não tratadas chegam a níveis insuportáveis e podem levar a morte – morte por suicídio e morte pela perda da energia vital que leva a falência orgânica – o preconceito é por obrigação quebrado e ai as brechas se abrem para o entendimento da mente humana, assim foi com muita gente.

A fala de diálogo, de altruísmo, de misericórdia, de sensibilidade leva as pessoas a serem preconceituosas, é fácil subir em um púlpito ou em uma tribuna e falar: Homossexuais são isso e aquilo! Porém é difícil se colocar no lugar deles, entender que a maioria tentou ou pensou ( e pensa ) em suicídio, leva dentro de si um sentimento de culpa e angústia por ser o que aparentemente não é “certo”, querer mudar e não poder, procurar “cura” e não obter, tudo isso leva a um sentimento de frustração dentro do homossexual, a qual o leva a sofrer duplamente! Ai além das psicopatologias “parasitas” que se instalam no emocional abalado do homossexual, a sua orientação sexual sai da sua sintonia e vira uma patologia, vira uma homossexualidade ego-distônica, aonde ele mesmo não se conforma consigo, ai eu me pergunto e te pergunto, que ser humano vai ser feliz não sendo feliz como é? Não existindo cirurgia reparadora, nem método de cura, nem milagre, nem mandinga ou etc? O “caminho” é o suicídio aparentemente, especialistas cogitam que 50% dos suicídios são cometidos por Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Travestis e que o agravante para isto é o discurso homofóbico, aquele que lança culpa, frustração, medo, angústia. 

Eu ouço tantos absurdos… tanta gente desinformada, hoje mesmo, uma pessoa comentando que pra nascer homossexual precisa de um gene gay e ai ele matou toda a ciência, tentou se explicar na concepção religiosa, usou a Bíblia como objeto de estudo pra fundamentar o que é doença, o que é anomalia… mostrando que diversidade é igual a divergência ( um dicionário cairia bem ) e ai lançando culpa e mais culpas… Nestes últimos dias tenho recebido muitos e-mails de evangélicos, católicos e cristãos em geral homossexuais não assumidos que estão vivendo um inferno por conta das pregações homofóbicas, pensando em suicídio, mostrando em frases que já estão no poço da depressão… e eu me pergunto, cadê o amor de Jesus? Que amor é esse que lança as pessoas no lamaçal das angústias da alma? Pelo que entendo de evangelho e de Cristo, entendo que Jesus morreu para nos livrar das angústias e do fardo pesado da lei, e se engana quem pensa que a maioria dos LGBTs são ateus, acredito que a maioria possa a vir a se tornar ateu ou agnóstico por conta da pregação totalmente deturpada do cristianismo pregada hoje em dia, mas a maioria dos LGBTs que eu conheço, que são cristãos, são religiosos, reprimidos, doentes emocionalmente e ai já podemos ver uma super lotação dos CAPs I, II, III da vida, a maioria composta por religiosos, nós Psi. sabemos que os hospitais psiquiátricos, centros de atendimentos psicossociais tem uma demanda enorme devido a repressão e ao adestramento religioso que formula o Superego que não é superior ao ID ( desejos pulsionais inerentes ) que entram em conflito com o ego e ativam os mecanismos de defesa que não dão contam e se manifestam como psicopatologias e necessitam de cuidados maiores! Não se pode desconstruir o ID dos seus 6 anos pra cima, alguns psicanalistas afirmam que não se pode dos seus 2 anos, que dirá com seus 16, 18 que é quando os adolescentes se veem nos pensamentos homossexuais, transexuais, bissexuais… mas podemos desconstruir e moldar o Superego ( idéias formuladas e estereotipadas como “certo e errado” que ficam no consciente ) afim de que ao menos ele não fique em conflito constante com nossos desejos inconsciente do ID, não é fácil, não é uma tarefa só dos Psicólogos, Psiquiatras e Psicanalistas, é algo muito mais amplo, é um trabalho que deve ser exercido por educadores, formadores de idéias, políticos, líderes religiosos ou então começaremos a ver crianças e adolescentes de 11 a 16 anos se enforcado e se jogando de pontes e prédios ( já vemos isso no exterior e no Brasil também porém não é divulgado ), crianças e adolescentes não tem a maturidade psiquíca para lidar com essas questões e os pais e os educadores devem estar preparados para ouvir sem julgar, se não entender, busque orientação de um especialista, não de um religioso, ele estudou o mundo espiritual, não a mente humana e sua entrelinhas, um teólogo estuda de 2 a 4 anos dependendo da faculdade, um pastor as vezes nem estuda, as vezes abre uma igreja e pronto, é pastor! Um Psiquiatra estuda 5 anos de medicina, faz mais 2 anos de especialização em psiquiatria… um psicólogo estuda 5 anos psicologia, faz 2 anos de pós graduação em psicologia clínica … um psicanalista faz uma graduação na área das ciências humanas ( cerca de 2 a 5 anos ) e depois faz uma formação em psicanálise de 3 a 5 anos… tudo isso com o propósito de entender o ser humano em sua tricotomia: físico, espiritual e mental. Se engana quem pensa que estes profissionais só estudam a mente, de fato o foco é a mente, porém as psicossomatizações ( manifestações no campo orgânico de fundo psiquíco ) necessitam de conhecimento do campo orgânico, claro que não tão profundo quanto a um médico especialista em cardiologia, dermatologia, traumato-ortopedia… se engana também, que pensa que estes profissionais não ligam pra área espiritual, a área espiritual nas ciências Psi. ocupam um espaço especial, existe a Psicologia Transpessoal que trabalha com a espiritualidade, aqui falo de espiritualidade como conceito de grau de envolvimento ou estado de consciência ou devoção a um ser elevado ou a vida filosofica. Termo nem sempre relacionado as convencionais crencas religiosas e não a fantasmas, aparições, visões, profecias, “desmaios espirituais”, isso também tem espaço na Psi. porém não é disso que falo… Então o preconceito é um freio ruim que como Maya Angelou disse: “torna o presente inacessível”, enquanto não nos livrarmos dele não iremos progredir, olhem para trás… usaram a Bíblia para promover o racismo, a segregação dos índios, humilhar mulheres, deficientes físicos e mentais e hoje se vê que isso foi a maior besteira! Mataram milhares em nome de Deus, como se Deus estivesse realmente mandando matar alguém!

O Filósofo Thomas Hobbes tinha medo sabe lá Deus do que, mas eu sei que muitos tem pânico de se garantir direitos aos homossexuais e de criminalizarem a homofobia e verem um casal de homossexuais de mãos dadas ( isso já é permitido, ninguém pode ser preso por andar de mãos dadas com alguém do mesmo sexo ou até mesmo se beijando ) irão se tornar homossexual! Pare com isso! Isso é balela! Não vá na “onda” de Magno Malta e Myrian Rios que acham que a aprovação de leis que garantem direitos ( deveres todos os LGBTs já tem, pagam os mesmos impostos e contas que heteros, porém direitos são negados ) irão tirar o direito deles serem heteros… Por favor! Isso já é ignorância e má fé! A Dinamarca, a Noruega, Canadá, Suécia, Portugal, Espanha, Argentina, Uruguai viraram países gays? Não! Olhem o mundo a fora! Quanto mais reprimir pior é! Pela lógica psicanalítica, seria mais fácil o Brasil se tornar gay por conta da repressão do que por conta do concebimento de direitos ( coisa que é obrigatória ), visto que o “proibido” transmite curiosidade e curiosidade adrenalina que leva a ação e a prática… a lógica fundamentalista é no linguajar claro: burra! Além de desumana! Parcial e homofóbica (novidade… )

Ordem e Progresso…? Quando o Brasil irá fazer valer a sua bandeira?

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 438,192 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: