Homofobia Basta!

A Mente Tacanha do “Deus fez Adão e Eva e não Adão e Ivo” #HomofobiaNAO

Posted on: 2 de julho de 2011

Gênesis – A Criação

Pesam sobre nós as acusações de que distorcemos a Palavra de Deus como apoio aos nossos interesses e objetivos. Em virtude disso, em nossas e reflexões, lançaremos mão das principais regras da Hermenêutica, ciência responsável pela análise, compreensão e interpretação das Sagradas Escrituras.

É comum ouvirmos a frase, em tom sarcástico: “Deus criou Adão e Eva e não Adão e Ivo; Deus criou homem e mulher.” Não temos dúvida de que tal afirmação é verdadeira, os homossexuais ou são homens ou mulheres. Fomos todos feitos à imagem e semelhança do Criador! Aleluia!

“Criou Deus, pois, o homem à sua imagem e semelhança, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” Gênesis 1.27

A sexualidade humana é algo complexo e vai além das noções de masculino e feminino, vai além da noção de homem e mulher. No ato da criação, observamos uma das principais funções do seres humanos naquele momento: a procriação e o povoamento da Terra.

“E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a…” Gênesis 1.28a

Diante desse fato, concluímos que o texto de Gênesis é uma descrição do que se vê como padrão para a maioria e não uma prescrição daquilo que deve ser obedecido por todas as pessoas, até porque seria natural hoje em dia que irmãos se casassem com irmãos, o que não é natural nem aconselhável. Da mesma forma, surgem outras questões: Será que os que escolhem permanecer solteiros estão em pecado por não se casarem? (Deixará o homem pai e mãe e se unirá à sua mulher… Gn 2.24). Será que as pessoas inférteis estão em pecado por sua incapacidade de gerar filhos e encher a terra? Certamente que não. O contexto envolvido na criação é único, a realidade atual é um contexto bem diferente daquele. Transportar a descrição do Gênesis como regra para os dias atuais seria uma incoerência. Deve-se levar em conta, também, o fato de que a Bíblia foi escrita num contexto patriarcal, culturalmente heterossexualista.

Muitos homossexuais, desconhecendo certas verdades bíblicas, motivados pelas crenças generalizadas do Cristianismo tradicional, entregam-se ao casamento heterossexual, têm filhos, têm companhia, agem conforme o texto do Gênesis, mas são infelizes, pois lutam contra um sentimento que lhes é inerente, lutam contra uma situação que lhes foi imposta pela sociedade, abrem mão de suas necessidades para satisfação da família, dos amigos, da igreja. O resultado disso é a infelicidade, a frustração e, em muitos casos, infidelidade e depressão. O próprio Jesus afirmou que o casamento heterossexual não era para todos:

“…Disseram-lhe seus discípulos: Se assim é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar. Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aqueles a quem foi concedido. Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.” Mateus 19.10, 11 e 12

Sobre essas palavras de Jesus, trataremos posteriormente.

Todos os homens são obra das mãos de Deus, independentemente de sua afetividade, de seus sentimentos. Será que Deus criaria alguns predestinados à condenação? Ao inferno? Certamente que não. Os avanços da ciência já comprovam que a sexualidade não é algo adquirido ou aprendido. Quem ensinaria seu filho a ser gay ou quem escolheria essa condição em uma sociedade tão preconceituosa? Ninguém, certamente. Assim como a heterossexualidade, a homossexualidade é inerente ao ser humano. Nem todos, porém, são homossexuais em sua essência. Há casos em que pessoas heterossexuais se envolvem em práticas homossexuais motivadas por vários fatores que não a sua sexualidade inata. Abordaremos isso quando chegarmos às Cartas Paulinas.

Todas as pessoas são capazes de amar outra, com intensidade, com sinceridade. O amor e a capacidade de amar provêm de Deus:

Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1João 4.7

O que Deus condena é a fornicação, a prostituição e todo pecado que visa somente à satisfação física e carnal. Deus jamais condenaria o amor entre iguais, uma relação baseada em consentimento mútuo, fidelidade, respeito e sentimento. Portanto, não tenha medo, nem se sinta fora do plano de Deus para sua vida afetiva! Não se prive de vivenciar o amor, pois o amor vem de Deus! Aleluia!

Extraído de: http://www.skmundo.com.br/Estudos-Tem%C3%A1ticos.php

_______________

Essa é a explicação “simples e direta” dos fundamentalistas para condenar os LGBTs, de fato, do ponto de vista inicial Deus fez homem e mulher, porém Ele criou também os Transexuais e os Intersexuais que em estudos biológicos ( Dr. Milton Diamond, Monõa Hawai ) mostram que eles não são homens, nem mulheres, possue cérebro feminino e corpo masculino e vice-versa, além de alterações cromossômicas e anatômicas, Deus não os fez? Deus não os criou?

Na realidade isso é não querer aceitar a evolução e as variantes da sexualidade humana, o conhecimento e o saber, querer limitar a criação a este dois polos é querer limitar o próprio Deus!

Não podemos alcançar o Todo-poderoso. As pegadas divinas não são conhecidas”. “Sua sabedoria não tem limites e sua grandeza é incalculável”. É tal a luz cegante da presença do Pai que, para suas modestas criaturas, parece que ele “habita na escuridão”. Não só seus pensamentos e planos são inescrutáveis, mas ele também “faz coisas grandes e maravilhas sem número”. “Deus é grande, e nós não o compreendemos, e o número dos seus anos é incalculável”. “Será verdade que Deus habita na terra? Se os céus (o universo) e os céus dos céus (o universo de universos) não o podem conter!”. “Como são insondáveis seus juízos e impenetráveis seus caminhos!”

“Não há senão um só Deus, o Pai Infinito, que é ademais um fiel Criador”. “O Criador divino é também o Despenseiro Universal, a fonte e destino das almas. É a Alma Suprema, a Mente Primeira e o Espírito Ilimitado de toda a criação”. “O grande Reitor não comete erros. Ele resplandece em majestade e glória”. “O Deus Criador está livre de todo de temor e inimizade. Ele é imortal, eterno, auto-existente, divino e magnânimo”. “Quão puro e belo, quão profundo e impenetrável é o Predecessor celestial de todas as coisas!” “O Infinito é mais excelente pelo fato de se dar aos homens. Ele é o princípio e o fim, o Pai de todo propósito bom e perfeito”. “Com Deus, todas as coisas são possíveis; o Criador eterno é a causa das causas”.

Apesar da infinitude das admiráveis manifestações da personalidade eterna e universal do Pai, ele é incondicionalmente autoconsciente, tanto de sua infinitude como de sua eternidade; do mesmo modo, ele conhece plenamente sua perfeição e poder. Ele é o único ser do universo, à parte de seus divinos iguais em categoria, capaz de ter uma apreciação de si mesmo de forma perfeita, adequada e completa.

O Pai acode de forma constante e infalível às necessidades das diferentes solicitações que a ele se faz, conforme elas se modificam, de tempos em tempos, nas várias seções de seu universo matriz. O grande Deus se conhece e entende a si mesmo; ele é infinitamente autoconsciente de todos os seus atributos primordiais de perfeição. Deus não é um acidente cósmico; nem um experimentador do universo. Talvez os Soberanos do Universo empreendam alguma aventura; talvez os Pais das Constelações experimentem; talvez os chefes dos sistemas pratiquem; mas o Pai Universal vê o fim desde o princípio, e seu plano divino e propósito eterno realmente abrange e compreende todos os experimentos e aventuras de todos os seus subordinados em cada mundo, sistema e constelação, em cada universo de seus imensos domínios.

Nada é novo para Deus e nenhum acontecimento cósmico o surpreende; ele habita o círculo da eternidade. Seus dias não têm princípio nem fim. Para Deus, não há passado, presente ou futuro; todo tempo é presente em qualquer momento dado. Ele é o grande e único EU SOU.

O Pai Universal é, absoluta e incondicionalmente, infinito em todos os seus atributos; e este fato, em si e por si, automaticamente o impede de qualquer comunicação pessoal e direta com os seres materiais e finitos, assim como com outras modestas inteligências criadas.

E tudo isto compele às disposições adotadas para fazer contato e estabelecer comunicação com suas muitas e variadas criaturas como foi estatuído, primeiro, nas pessoas dos Filhos de Deus do Paraíso os quais, ainda que perfeitos em divindade, também participam amiúde da natureza da mesma carne e osso das raças planetárias, fazendo-se um de vós e um convosco; deste modo, por assim dizer, Deus se faz homem, como aconteceu na efusão de Miguel, a quem se chamou igualmente de Filho de Deus e Filho do Homem. E, segundo, existem os seres pessoais do Espírito Infinito, as várias ordens de hostes seráficas e de outras inteligências celestiais, as quais se acercam dos seres materiais de origem modesta e que de tantos modos lhes ministram e lhes servem. E, terceiro, existem os impessoais Preceptores de Mistério, os Modeladores do Pensamento, verdadeiro dom do próprio grande Deus, enviados para morar em humanos como os de Urantia, sem anúncio nem explicação. Com um sem fim de abundância, eles descem das alturas gloriosas para habitar e aprimorar as mentes humildes dos mortais que possuem capacidade para ter consciência de Deus ou o potencial para isto.

Desta e de muitas outras maneiras, de formas desconhecidas para vós, e que estão muito além da compreensão finita, o Pai do Paraíso amorosamente e de bom grado reduz e, por outro lado, modifica, dilui e atenua sua infinitude para poder chegar mais perto das mentes finitas de seus filhos criados. E assim, ao distribuir sua personalidade numa série cada vez menos absoluta, o Pai Infinito é capaz de gozar de um estreito contato com as diversas inteligências dos muitos mundos de seu extenso universo.

Acusam os homossexuais cristãos de não terem aceitado verdadeiramente a Jesus e por isso não se “libertaram da homossexualidade”, ora eu pergunto, Jesus morreu pelos meus pecados ou pela minha sexualidade? Ele morreu pra me salvar ou para me igualar a uma maioria? A Sexualidade faz parte do ser humano, assim como um braço, um olho, uma perna e aos que acreditam nisso citam: “se o teu olho te faz pecar arranca-o”, ora irmãos fornicadores, adúlteros, não ando vendo muita gente com um olho só por ai não! Ninguém vive sem personalidade, viver sem ela é viver uma esquizofrenia, aceitem a diversidade criada por Deus! Aceitem a criação Divina! Parem de se achar os detentores da verdade! Vocês me entendem, porém não querem abrir mão dos seus preconceitos, tem medo de perderem “fiéis”, porém vocês servem aos homens ou a Deus? Lembrem-se do profeta Oséias!
 
“O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei…” – Oséias 4,6

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 439,351 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: