Homofobia Basta!

Religiões que ensinam o racismo ( para elas não há limite na liberdade de expressão ) #DireitosHumanos

Posted on: 26 de junho de 2011

Pasmem, hoje não falarei sobre Homofobia . Hoje irei falar de Racismo, sabemos o quanto essas pessoas sofreram só por serem negras, hoje o nosso estado criminaliza o racismo, porém ele não se aplica as religiões, elas até hoje podem fazer o que bem entender, incluindo ai o Racismo.

Separei algumas religiões que tem suas marcas racistas muito marcantes e que ainda estão em vigor, veja porque!

 – SEITAS QUE ENSINAVAM O PRECONCEITO RACIAL

Ente as seitas americanas que ensinavam serem os negros pessoas sob maldição pela condição da sua pele negra, apontamos, entre outras, As Testemunhas de Jeová, os Adventistas do Sétimo Dia e os Mórmons. Para sermos honestos, porém, negamos que hoje persistam em tal ensino preconceituoso contra os negros. Até 1978 os negros mórmons não podiam exercer o sacerdócio. Abrogada a lei que proibia os negros pertencerem ao sacerdócio e isto porque o templo inaugurado em 1978, em São Paulo, não podia ser visitado pelos brasileiros sob a alegação de que todo brasileiro tem em suas veias sangue de parentes negros.

O que se deve considerar, também, é que para manterem esse erro racial por vários anos de sua existência, as seitas mencionadas sempre alegaram revelações especiais de Deus nesse sentido. Paradoxal é que a Bíblia defende a igualdade entre os seres humanos todos criados por de Deus. “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra. Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”. (Gn 1.26,27). Pedro, quando entrou em casa de Cornélio,declarou: “Reconheço por que Deus não faz acepção de pessoas.”(At 10.34) Por outro lado, lemos em 1 Sm 16.7 que “ o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos (a cor da pele) porém o Senhor olha para o coração.”

ORIENTAÇÃO DIVINA PARA A PRATICA DE PRECONCEITO RACIAL?

É incrível que certos líderes religiosos atribuem que essa orientação para a prática do preconceito racial partiu do próprio Deus através de pessoas especialmente designadas aqui na terra.

1 – Igreja Adventista do Sétimo dia

A REIVINDICAÇÃO DOS ADVENTISTAS DE SER SUA PROFETIZA ELLEN G. WHITE A PORTADORA DO ‘ESPÍRITO DE PROFECIA’

Os adventistas se manifestam como tendo respeito absoluto da Bíblia, fazendo declarações de que ela é a Palavra de Deus. No entanto, reconhecem que uma única pessoa é responsável pela interpretação da mesma Bíblia. Ela é considerada como única pessoa sobre quem repousa o “espírito de profecia”. Algumas declarações encontradas em livros publicados por Ellen Gould White, com aprovação da própria igreja revelam sua autoridade divina.

“Nos tempos antigos, Deus falou aos homens pela boca de seus servos e apóstolos. Nestes dias Ele lhes fala por meio dos TESTEMUNHOS DO SEU ESPÍRITO. Não houve ainda um tempo em que mais seriamente falasse ao seu povo a respeito de sua vontade e da conduta que este deve ter.” (o maiúsculo é nosso) (Testemunhos Seletos, vol. II, p. 276, 2ª edição, 1956).

Os adventistas apresentam as seguintes características para o reconhecimento da sua condição de profetisa:

“Sempre falou de acordo com a Bíblia;
Suas profecias foram cumpridas;
Viveu o que pregou.” ( Segue-me, p. 16)

Escreveu Ellen G. White sobre ser ela possuidora do ‘espírito de profecia’ e seus escritos, conseqüentemente, intocáveis,

“Disse o meu anjo assistente. ‘Ai de quem mover um bloco ou mexer num alfinete dessas mensagens. A verdadeira compreensão dessas mensagens é de vital importância. O destino das almas depende da maneira em que forem elas recebidas.’” (Primeiros Escritos, p. 258) (o grifo é nosso)

“Embora os profetas da antigüidade fôssem humanos, a mente divina e a vontade de um Deus infalível, estão suficientemente representadas na Bíblia. E o mesmo Deus fala por meio dos escritos do espírito de profecia. Êstes livros inspirados, tais como O Desejado de Tôdas as Nações, O Conflito dos Séculos e Patriarcas e Profetas, são certamente revelações divinas da verdade sobre as quais deveríamos depender completamente.” (Orientação Profética No Movimento Adventista, p. 45) (o grifo é nosso).

O QUE ESCREVEU A PROFETIZA ELLEN G. WHITE SOBRE OS NEGROS

“Em resposta a indagações quanto à conveniência de casamento entre jovens cristãos de raças branca e preta, direi que nos princípios de minha obra esta pergunta me foi apresentada, e o esclarecimento que me foi dado da parte do Senhor foi que êsse passo não devia ser dado; pois é certo criar discussão e confusão.”… “Que o irmão de côr se case com uma irmã de côr que seja digna, que ame a Deus e guarde os Seus mandamentos. Que a irmã branca que pensa em unir-se em matrimônio a um irmão de côr se recuse a dar tal passo, pois o Senhor não está dirigindo nessa direção.”(Mensagens Escolhidas, vol. II, p. 344)

A igreja adventista se vangloria de ser a igreja remanescente em virtude de possuir o “espírito de profecia” na pessoa de Ellen G. White. Seria essa igreja segregacionista como foi EGW? Obedece essa igreja essa orientação de EGW segundo “esclarecimento dado da parte do Senhor”?

Mas há uma objeção ao casamento da raça branca com a preta. Todos devem considerar que não têm o direito de trazer à sua prole aquilo que a coloca em desvantagem; não têm o direito de lhe dar como patrimônio hereditário uma condição que os sujeitariam a uma vida de humilhação. Os filhos desses casamentos mistos têm um sentimento de amargura para com os pais que lhes deram essa herança para toda a vida”. (Veja o Livro – “Mensagens Escolhidas – vol.2” CPB, Sto. André, SP – 1985 nas páginas 343 e 344).

E ainda:

“Todas as espécies de animais que Deus havia criado foram preservadas na arca de Noé. As espécies mescladas que Deus não criou, e que foram o resultado de amalgamas (mistura de raças), foram destruídas pelo dilúvio. Desde o dilúvio, tem havido amalgama (mistura de raças) entre seres humanos e bestas , como pode-se ver … em certas raças de homens”
 (Ellen G White em Spiritual Gifts, Edição de 1864 e tornou a ser publicado em Spirit of Prophecy na Edição de 1870). 

Neste segundo texto, Ellen G White diz que há mistura de raças entre seres humanos e BESTAS. 

Eu pergunto: 

O QUE SERIAM ESTAS “BESTAS” que ‘cruzam’ com SERES HUMANOS? Será que ao declarar BESTAS Ellen G. White se referia a animais irracionais?

Se for este o caso, a Sra. White fez uma grave confusão, pois até hoje nunca se viu cruzamento de seres humanos com aves, répteis, felinos, eqüinos… Ou seja, animais. PELO MENOS A CIÊNCIA AINDA NÃO IDENTIFICOU TAL CRUZAMENTO!

Quem ou o quê seriam estas bestas com quem os seres humanos cruzaram? Será que seriam os negros? Ou haveria alguma “raça” nova entre seres humanos e os animais? 
Isso é muito estranho e sério! Essas afirmativas deveriam ser revistas, pois são descontextualizadas e cheias de ranço e preconceito!

A Igreja Adventista precisaria se posicionar diante desse quadro e assumir, se esse for o caso, que foi racista ou que a sua profetisa falhou e foi infeliz em seus comentários. O fato que uma coisa ou outra aconteceu e não dá pra negar as evidências. 

É preciso lembrar que pela Constituição Brasileira – Artigo 3 – IV, racismo é um grave crime. Entendo que ao sustentar esse tipo de postura medieval a referida igreja fere os direitos humanos e a constituição brasileira.

Será que não seria o caso dos adventistas virem em público para se desculparem junto à comunidade negra? Afinal de contas, se o Papa João Paulo II pode se humilhar e pedir desculpas pelos erros dos Papas do passado, os adventistas deveriam ter a mesma humildade e reconhecer os erros da sua papisa. Ou será que os Adventistas concordam com E. G. White e acham que os negros são inferiores?

A grande incógnita nisso tudo é: A Sra. White conhecia o teor bíblico de amor, tolerância e misericórdia pregado por Jesus Cristo? Pois na Bíblia está escrito que: “Na verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas” (Atos 10:34). Como encarar essas declarações arrepiantes e desprovidas de verdade como sendo inspiradas pelo Espírito de Deus? Como encarar isso como ensinamentos teológicos?

Será que já não basta o que a história nos registra de preconceitos e crimes contra os negros? Como pode a Igreja Adventista do Sétimo Dia, sendo uma igreja moderna, trazer em seu bojo doutrinário esse conceito estranho e tacanho? 

Para mim o preconceito racial é inaceitável! Como arrazoar que o branco, ao casar-se com o negro, traria uma carga hereditária desfavorável aos seus filhos? Isso é um impropério sem fundamento científico e muito menos teológico.

Fico feliz que na Bíblia o negro sempre foi respeitado e amado por Deus. Até na hora da crucificação o escolhido para ajudar o Senhor com a sua cruz foi um negro (Mc. 15:21); quando o profeta Jeremias agonizava em um poço (Jr. 38), Deus usou um negro para ajudá-lo; Salomão recebeu a Rainha de Sabá, que era negra, e Jesus Cristo elogiou a sua sabedoria (I Rs. 10; Mt.12:42)… Assim vemos como o negro é importante para o nosso Cristo. Sem contar que o salvador da humanidade tinha em sua genealogia pessoas negras (Mt. 1). 

O Senhor ama a todos, pois assim nos diz a palavra: Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres (quer negros); e a todos nós foi dado beber de um só Espírito (I Co 12.13 – parêntese do autor). 

Não importa a cor da pele, somos um em Cristo Jesus, mas jamais poderíamos ser um em concordância com os Adventistas do Sétimo Dia.

2 – Mórmons

A REIVINDICAÇÃO DOS MÓRMONS DE SER SEU PROFETA JOSEPH SMITH JR PORTADOR DO ‘ESPÍRITO DE PROFECIA’

O fundador do mormonismo Joseph Smith Jr. reconhecia ser pessoa especial como profeta e que também tinha o “espírito de profecia. Tinha consciência de sua chamada profética ao escrever:

“Se qualquer pessoa me perguntar se eu sou um profeta, não o negarei, já que estaria mentindo se o fizesse; pois, segundo João, o testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Portanto, se declaro ser testemunha ou mestre, e não tenho o espírito de profecia, que é o testemunho de Jesus, sou uma falsa testemunha; porém, se sou um mestre ou testemunha verdadeira, devo ter o espírito de profecia, e isso é o que constitui um profeta.” (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith , 263)(o grifo é nosso).

Por muito tempo os mórmons ensinaram que todas as pessoas de descendência negra eram inferiores e amaldiçoadas por Deus por causa dos pecados cometidos antes do seu próprio nascimento:

O QUE ESCREVEU O PROFETA JOSEPH SMITH JR SOBRE OS NEGROS

“Pois eis que o Senhor amaldiçoará a terra com muito calor e a sua esterelidade continuará para sempre; e uma cor negra desceu sobre todos os filhos de Canaã, de modo que foram desprezados dentre todos os povos.
E Enoque também viu os remanescentes do povo que eram os filhos de Adão; e eram uma mistura de toda a semente de Adão, exceto a de Caim, pois a semente de Caim era negra e não tinha lugar entre eles.” (MOISÉS 7.8,22- A Pérola de Grande Valor, edição 1997 – pg. 23,25) (grifo nosso).

Posteriormente os descendentes dos Israelitas, por causa da sua rebelião e iniquidade, foram amaldiçoados com a pele negra. São chamados de Lamanitas:

“E ele fez cair a maldição sobre eles, sim, uma dolorosa maldição por causa de suas iniquidades. Pois tinham endurecido seus corações contra ele de tal modo que pareciam de pedra; e por serem brancos, notavelmente formosos e graciosos, e para que não seduzissem a meu povo; o Senhor Deus fez com que sua pele se tornasse escura.” (II NEFI 5.21-O Livro de Mórmon – pg. 81, edição 1951) (grifo nosso).

Bem, prometemos acima, provar com transcrições, citando as fontes, que o Mormonismo é uma religião racista, embora a liderança atual envide esforços para esconder isso do povo. Então, vamos às prometidas transcrições. As cópias a seguir são extraídas do panfleto intitulado A Igreja Mórmon e os Negros, publicado pelo ICP_ Instituto Cristão de Pesquisas_ que, por sua vez, baseia-se nas obras oficiais da Igreja Mórmon:

Joseph Smith: “Se eu tivesse algo a ver com o negro, eu os manteria limitados à sua própria espécie por lei rigorosa …” ( History of the Church [História da Igreja] Vol. 5, páginas 218-219). O que o “profeta” Smith está dizendo, é que se ele pudesse, ele isolaria os negros, baixando leis proibindo até o casamento entre negros e brancos.

Brigham Young, sucessor de Joseph Smith na presidência da Igreja Mórmon : “ Você vê alguns grupos da família humana são negros, desajeitados, feios, desagradáveis e baixos em seus costumes, selvagens e aparentemente sem a bênção da inteligência que é normalmente dada à humanidade…” (Journal of Discourses [Jornal de Discursos], Vol. 15, página 35).

Joseph Fielding Smith, décimo profeta e presidente da Igreja Mórmon: “Existe uma razão para um homem nascer preto e com outras desvantagens, enquanto outro nasce branco e com  grandes vantagens… Na guerra  nos Céus, não houve nenhum neutro.Todos tomaram partido, fosse com Cristo ou com Satanás. Todo homem teve seu arbítrio lá, e aqui os homens são recompensados de acordo com suas ações lá…A raça negra, evidentemente, está recebendo o galardão que merece” ( Doutrinas de Salvação, Vol. 1, páginas 67 e 73).

John Taylor, terceiro presidente da Igreja Mórmon: “…após o dilúvio, nós aprendemos que a maldição pronunciada sobre Caim foi continuada através da esposa de Cão, pois ele tinha se casado com uma mulher daquela descendência. E por que a semente de Caim foi preservada durante o dilúvio? Porque era necessário que o diabo tivesse um  representante na terra assim como Deus…” (Journal of the Discourses, Vol. 22, página 304)

Bem, provamos que os líderes mórmons são racistas e embusteiros. Racistas porque discriminam os negros; e embusteiros porque querem que esse engodo se faça passar por revelação divina. Até os atuais líderes que aceitam negros no ofício sacerdotal, são racistas e embusteiros. É que eles, ao invés de dizerem que seus predecessores eram falsos profetas, optam por dizerem que tiveram uma nova revelação. Ora, isso só faria sentido se Deus mudasse de idéia. E eles dizem que tiveram uma nova revelação? Sim. Em Doutrina e Convênios há um apêndice intitulado Declaração Oficial__2, datado de 6 de setembro de 1978, onde eles afirmam que foi por revelação Divina que eles ficaram sabendo que o negro já pode ser sacerdote. E que, a partir daquele momento, o negro estava liberado para ser ordenado ao sacerdócio. É claro que Deus não revelou a eles que Ele já liberou o negro para ser Ministro do Evangelho, pois isto ele sempre o fez. Na verdadeira Igreja do Deus vivo, a qual não está na rua tal, número tal, visto que a mesma não é nenhuma das ramificações do Cristianismo, mas sim, o conjunto dos redimidos pelo sangue de Jesus, as portas sempre estiveram, não só abertas, mas escancaradas, aos negros. Os dons do Espírito Santo são para todos os cristãos, não só para os brancos, tampouco só para os negros. E se algum mórmon duvida, convidamos a ler as seguintes passagens bíblicas: Gl 3:28; At 10: 34; Rm 2:11; Tg 2:1, 9; 1 Pe 1:17; Ef 2: 11-22; Mc 16:15,16; Mt: 28: 19,20 etc.. Ora, se os atuais líderes dos mórmons não são suficientemente sinceros para assumirem que erraram e se retratar; e inclusive para dizerem que Joseph Smith está desqualificado como profeta, por causa de seu racismo, fica provado que eles são da mesma laia do fundador do Mormonismo. Sim, os atuais chefões dos mórmons só estão abrindo mão do racismo que caracteriza essa seita, por conveniência. Se não fosse esse o caso, denunciariam que Joseph Smith não era profeta de Deus, mas sim, um embusteiro e preconceituoso. Atentemos para o fato de que a literatura mórmon não se retratou de todas as suas acusações aos negros. Os atuais líderes dessa seita não disseram que os negros deixaram de ser feios, desajeitados, etc., mas tão-somente inseriram, no corpo de doutrinas da “igreja” deles, que, agora, o negro pode ser sacerdote. Logo, houve a inserção de uma nova doutrina, e não a remoção das velhas heresias, excetuando, obviamente, a que se fez necessário para ceder lugar à novidade do momento, que é, os negros já podem ser sacerdotes. Não é exorbitante, pois, afirmar que o Mormonismo continua racista, charlatão, blasfemo, herético, embusteiro, etc..

Nem todos os mórmons são racistas. A Igreja Mórmon está cheia de pessoas bondosas, que gastam muito tempo e não pouco dinheiro, fazendo caridade, construindo templos, sustentando seus líderes, enviando missionários, etc. Muitos são os mórmons que sequer sabem que estão numa religião racista, e que vão abandoná-la, tão logo descubram essa fraude.

Não raramente, quando denunciamos o racismo que caracteriza a Igreja Mórmon, os adeptos dessa seita pensam que estamos caluniando a religião deles. Mas os desafiamos a se certificarem da autenticidade ou não de nossas afirmações. Ademais lembramos que calúnia é crime e dá cadeia. Portanto, se não temêssemos Deus, temeríamos pelo menos a justiça dos homens. E isto é indício de que estamos devidamente documentados. Ademais, se os mórmons se sentirem caluniados, sugerimos que nos processem, visto que o lugar de caluniador é na cadeia.

3 – Testemunhas de Jeová

A REIVINDICAÇÃO DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ DE SER “O SERVO FIEL E DISCRETO” DE MATEUS 24.45 – O CANAL DE COMUNICAÇÃO ENTRE DEUS OS HOMENS

As Testemunhas de Jeová se vangloriam do seu trabalho de porta em porta alegando que cumprem a ordem de Jesus Cristo em Mateus 24.14: “E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” Usam elas a sua Bíblia conhecida como Tradução do Novo Mundo e nela se lê: “E estas boas novas do reino serão pregadas em töda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.”
A partir de que data essas chamadas “boas novas” passaram a ser publicadas de porta em porta? A partir de 1914. E nesse ano foi empossado os homens do Corpo Governante também conhecido como “o escravo fiel e discreto” a quem Jesus encarregou de dar “alimento espiritual” a todas as Testemunhas de Jeová. Dizem elas:

“Jeová Deus proveu também sua organização visível, seu “escravo fiel e discreto”, composto dos ungidos com o espírito, para ajudar os cristãos em todas as nações a entender e a aplicar corretamente a Bíblia na sua vida. A menos que estejamos em contato com este canal de comunicação usado por Deus, não avançaremos na estrada da vida, não importa quanto leiamos a Bíblia.” (A Sentinela, 1-8-1982, p.27)(o grifo é nosso)

O QUE ESCREVERAM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ POR MEIO DO SEU “ESCRAVO FIEL E DISCRETO” SOBRE O PRECONCEITO RACIAL

Sob a orientação espiritual desse canal de comunicação usado por Deus para fazer valer sua vontade soberana para com os homens. se escreveu o seguinte sobre os negros:

Embora seja verdade que a raça branca apresenta algumas qualidades de superioridade sobre qualquer outra, devemos lembrar que há amplas diferenças dentro da mesma família caucasiana (semita e ariana); e devemos recordar também que algumas das qualidades que deram a este ramo da família humana sua proeminência no mundo não são aquelas que se possam chamar de admiráveis em todos os aspectos… O segredo da maior inteligência e aptidão dos caucasianos deve ser, sem dúvida, a mistura de sangue entre seus vários ramos; e isto foi evidentemente forçado em grande parte por circunstâncias sob controle divino.” A Sentinela (em inglês) de 15 de julho de 1902, p. 215, 216)

Um comentário escrito no livro “A Verdade Sobre as Testemunhas de Jeová”, na p. 195, diz o seguinte sobre o texto citado: “Será que ficou bem claro? O que este artigo defende não é a que a mistura das raças contribuiu para a maior inteligência e aptidão de todos, não. O que ele diz é que a mistura entre os diversos ramos da raça caucasiana (branca) aprimorou as qualidades dos próprios caucasianos. E por “circunstâncias sob controle divino”!”

Lê-se mais no citado livro, mesma página e página seguinte:

“Em 1929, a Sociedade ainda não havia se livrado de seu preconceito, insinuando que os negros foram feitos para servir e, como ensinavam os filósofos do racismo, eles (os negros) são mais felizes assim.

“Acredita-se de modo geral que a maldição proferida por Noé sobre Canaã deu origem à raça negra. É certo que quando Noé disse:”Maldito seja Canaã, um servo dos servos é o que ele será de seus irmãos.”ele delineou o futuro da raça de cor. Eles foram e são uma raça de servos, mas agora na alvorada do século XX, estamos todos passando a ver que este assunto da servidão em sua verdadeira luz e a descobrir que a única verdadeira alegria da vida está em servir aos outros, não em comandá-los.Não há no mundo um servo tão bom quanto a um bom servo de cor, e a alegria que ele obtém em prestar um serviço fiel é uma das mais puras alegrias do mundo.” (A Idade de Ouro, antigo nome de DESPERTAI de 24 de julho de 1929, p. 702)

Depois de expor com pormenores esse preconceito contra os negros, a elite da Sociedade Torre de Vigia, conhecida mundialmente como o seu “Corpo Governante” já mencionada, ainda estava esperando uma promoção da parte de Deus como se fora fiel dentro da incumbência recebida do Senhor Jesus em 1914 e inspecionada por ele mesmo em 1919.

Escreveu o “escravo fiel e discreto” no livro “Aproximou-se o Reino de Deus de Mil Anos”, p. 354:

“O Senhor Jesus declarou feliz o ‘escravo fiel e discreto’ por causa do que o aguardava como recompensa por fazer o que seu amo lhe mandou fazer. Recebe uma promoção, com maiores responsabilidades para com o amo, a quem é tão fiel.”

ENSINOS DE HOMENS E NÃO DE DEUS

Como os ensinos humanos são transitórios, esses grupos sectários recorrem à Bíblia para justificar os seus fracassos doutrinários. Entretanto, a Bíblia é muito clara ao nos prevenir contra as mudanças doutrinárias muito freqüentes em seitas proféticas como as indicadas.

“Filho meu, teme a Jeová e ao rei. Não te metas com os que estão a favor duma mudança. Porque o seu desastre surgirá tão repentinamente, que da extinção daqueles que estão a favor duma mudança quem se aperceberá? “(Pv 24.21,22 TNM)
“E Jeová prosseguiu, dizendo-me:“Falsidade é o que os profetas estão profetizando em meu nome. Não os enviei, nem lhes dei ordem, nem falei com eles. Falam-vos profeticamente duma visão falsa, e de adivinhação, e duma coisa que nada vale, e a da ardileza de seu coração.”(Jr 14.14 TNM).
Não foi sem razão que Jesus nos avisou solenemente: “Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.” (Mt 7.15)

Fontes:

CACP

Igreja Evangélica da Paz

Pastor Joel Santana

__________________________________________________________

Obs: As religiões acima não são protestantes visto que não se baseiam nos 5 pilares do protestantismo.

  • Sola fide (somente a fé);
  • Sola scriptura (somente a Escritura);
  • Solus Christus (somente Cristo);
  • Sola gratia (somente a graça);
  • Soli Deo gloria (glória somente a Deus).
A que chega “mais perto” é a Adventista, porém ela fere a Sola Scriptura, não confunda Igrejas/Religiões/Seitas pós-reforma como igrejas protestantes, é um erro. Mais claro que existe racismo dentro das religiões ditas cristãs, veja a triste declaração do Pastor e Deputado Federal Marcos Feliciano a respeito dos negros, ele tem a mesma posição que a igreja mórmom pela sua colocação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 438,192 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: