Homofobia Basta!

Homofobia interiorizada #DireitosHumanos

Posted on: 24 de junho de 2011

 

Homofobia interiorizada, ou Homofobia Internalizada, é o medo, ódio ou repulsa da homossexualidade e seus praticantes por pessoas homossexuais.

Essa situação manifesta-se de diversas formas, podendo incorrer em conseqüências graves na saúde mental e física do indivíduo e levá-lo a cometer ações homofóbicas.

Existe também a classificação psiquiátrica para a Homofobia Internalizada, denominada de Transtorno da Preferência Sexual Egodistônica ou Orientação sexual egodistônica (CID-10F66.1). Esta classificação no entanto, aplica-se no caso daqueles que já reconhecem a sua orientação sexual homossexual porém discordam ou rejeitam essa forma de ser e lutam contra seus sentimentos. O termo se opõe a Egosintônico, em que a pessoa concorda com seu próprio jeito de ser.

Manifestações de homofobia internalizada

  1. Negação da orientação sexual, do reconhecimento das suas atracções emocionais e sexuais, para si mesmo e perante os outros.
  2. Tentativas de mudar a orientação sexual.
  3. Nunca sentir-se satisfeito consigo mesmo com tendências para o perfeccionismo.
  4. Pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos.
  5. Fraco sucesso escolar e profissional; ou sucesso escolar e profissional excepcional, como forma de ser aceito.
  6. Desenvolvimento emocional e cognitivo atrasado.
  7. Baixa auto-estima e imagem negativa do próprio corpo.
  8. Desprezo pelos membros assumidos da comunidade LGBT.
  9. Desprezo por aqueles que ainda se encontram nas primeiras fases de assumir a sua homossexualidade.
  10. Negação de que a orientação sexual não maioritária sejam uma questão social séria.
  11. Desprezo por aqueles que não são de orientação heterossexual ou, em nítido contraste, com aqueles que se parecem.
  12. Projeção de preconceitos num outro grupo alvo reforçado pelos preconceitos já existentes na sociedade.
  13. Tornar-se psicológica ou fisicamente abusivo ou permanecer num relacionamento abusivo.
  14. Tentativas de passar por heterossexual, casando, por vezes, com alguém do sexo oposto para ganhar aprovação social ou na esperança de “se curar”.
  15. Crescente medo e afastamento de amigos e familiares.
  16. Vergonha, depressão, defensividade, raiva e ressentimento.
  17. Controle contínuo de comportamentos, maneirismos, crenças e idéias.
  18. Fazer os outros rir através de mímicas exageradas dos estereótipos negativos associados aos homossexuais pela sociedade.
  19. Desconfiança e crítica destrutiva a líderes da comunidade LGBT.
  20. Relutância em permanecer junto a crianças por medo de ser considerado pedófilo.
  21. Problemas com as autoridades.
  22. Práticas sexuais não seguras e outros comportamentos destrutivos e de risco, incluíndo riscos de gravidez e de ser infectado com HIV.
  23. Separar sexo, amor e medo de intimidade. Por vezes pouco ou nenhum desejo sexual e celibato.
  24. Abuso de substâncias como comida, álcool e drogas.
  25. Desejo, tentativa e concretização de suicídio.

Fonte: Freud LatoSensu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 439,351 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: