Homofobia Basta!

´Bullying´ causa morte na escola, a assassina teve por motivação ser chamada de lésbica #HomofobiaNAO

Posted on: 22 de junho de 2011

Duas irmãs gêmeas de 17 anos discutiram com outra garota da mesma idade. Uma delas foi esfaqueada e morreu

Outra escola de Fortaleza foi palco de cenas de ´bullying´ e violência. Contudo, dessa vez os insultos terminaram em morte. Na noite de ontem, uma estudante de 17 anos morreu e a irmã gêmea dela, ficou ferida durante uma briga dentro da sala de aula do Centro Integrado de Educação e Saúde (Cies) Professora Terezinha Parente, bairro Curió, em Messejana.

A adolescente acusada do crime, também de 17 anos, foi detida instantes depois por policiais militares da 2ª Companhia do 5º BPM (Messejana). Com este caso, já são cinco jovens mortos em escolas no Ceará.

De acordo com o cabo PM Clóvis Nunes, as duas irmãs estavam dentro da sala de aula quando foram abordadas pela acusada, de iniciais S. Conforme os PMs, uma discussão teve início e a jovem Itamara Monteiro de Oliveira foi atingida por uma facada no peito esquerdo. A irmã tentou ajudar e também foi ferida na cabeça.

Conforme o militar, o crime teria sido motivado por insultos trocados entre as garotas. “Uma chamava a outra de lésbica e o caso foi se agravando até que ontem, armada com uma faca de cozinha, uma das adolescentes praticou o crime”, contou.

Um grande tumulto se formou na escola e as duas vítimas foram levadas para o Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira, o ´Frotinha de Messejana´, mas Itamara já chegou morta. A irmã recebeu atendimento médico e foi liberada cerca de uma hora depois. Enquanto as gêmeas eram levadas para o ´Frotinha de Messejana´, militares do Ronda do Quarteirão fizeram a apreensão da acusada do assassinato, nas proximidades da escola. Depois de ser levada para o hospital, a agressora foi conduzida para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foi lavrado um Auto de Apreensão em Flagrante por crime de homicídio.

Pai

O pai das adolescentes, o operador de máquinas Luiz Gonzaga Viana de Oliveira, 49, cobrou uma fiscalização maior nas escolas cearenses. “Como é que uma pessoa entra na sala de aula armada. Ninguém vai para a escola levando uma faca se não for para fazer alguma coisa ruim”, afirmou. O corpo da garota foi levado para o SVO.

 

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1001034

2 Respostas to "´Bullying´ causa morte na escola, a assassina teve por motivação ser chamada de lésbica #HomofobiaNAO"

o problema é como a criança chegou armada?

Sou coordenadora de uma escola municipal de Fortaleza. Nas escolas não se pode fazer vistoria nos alunos antes deles entrarem em sala de aula não. Temos que ter segurança, claro que sim, mas a família precisa ter mais atenção com seus filhos, precisa investigar. Quando se diz como pode uma aluna entrar na escola armada? E eu pergunto: como pode uma filha sair de casa com uma faca e ninguém da familia perceber? Não vamos culpar só a escola não minha gente. A família não está fazendo seu papel, está querendo transferir toda a responsabilidade para a escola. Isso é um absurdo. Escola e Família precisam está em parceria, precisam caminhar juntas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 439,530 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: