Homofobia Basta!

Eu quero falar… quero falar de amor…

Posted on: 10 de junho de 2011

Bom… a muito neste site eu dedico a explicar os fenômenos co-relacionados a homossexualidade, como a homofobia, as variantes dos desejos, emoções e sensações, os direitos, os deveres, a pluralidade, a diversidade! Muito crítico os religiosos fundamentalistas, sento o pau no Silas Malafaia, no Marcos Feliciano, no Edir Macedo, no Édino Fonseca e eles não podem cobrar de mim “moral evangélica” porque de fato eu não sou o evangélico das igrejas deles, logo não me enquadro nas fundamentações de certo e de errado que eles estabelecem!

Este Blog hoje atingiu o pico de visitas, com 23mil visitas, entrando pro top1 do WordPress e muito sou agradecido pelas pessoas que tem feito a divulgação do Blog que a cada dia tem crescido mais e mais, levado meu trabalho a sério… meu teor cômico nos posts é apenas para a descontração, porque ninguém é de ferro né? Bom, hoje uma Twitteira amiga, disse que as vezes sou por demais “durão” nos posts… Bom, de fato sou realmente… Porém quem me conhece sabe que eu não sou um ditador homossexual, rs… Só levo as coisas a sério, de fato é muito bom isso, muito fundamentalista põe o rabo entre as pernas e não responde ou para de twiitar, há até casos de pessoas que excluiram os twitters por tamanha vergonha que passaram… Outro dia as pessoas me perguntaram porque eu escolhi “esse lado”, esse lado “nerd”, o Lado Psicanalista, Teólogo, Homeopata, Filósofo, Poeta, Escritor, bom… Agora eu vou contar a minha história pra vocês!😀

Bom, nasci e fui criado em berço cristão… Primeiramente fui apresentado na Presbiteriana, aos 4 anos, minha mãe foi para Batista e aos 6 fomos para a Assembléia e até os 12 ficamos lá, quando fiz meus 14 anos fomos para Deus é Amor, aos 16 anos fomos peregrinar e passamos pela Universal, Nazareno, Metodista, Comunidades evangélicas, Igreja da Graça, Mundial e todas essas que você possa imaginas… desde os meus 4 anos que é até onde consigo retroceder minha memória e chegar a um ponto de lembrança que eu me entendo por um menino que gosta de outros e fui ensinado que isso era um pecado, uma abominação, uma doença, uma coisa que eu devia lutar a finco, até conseguir me libertar! E assim eu fui dentro de mim lutando! Sempre fui muito bem na escola! As melhores notas, as melhores dissertações, o mais organizado, o mais respeitador e por conseqüência, o mais boiola, e fui vítima de Bulliyng e confesso que sofri muito, porém nunca contei pra ninguém e nunca pensei em suicídio e  nunca pensei em sair da escola, faltava aulas sim, mas sair nunca, sempre quis ser alguém na vida… No meio dessa vida toda eu com 14 anos desenvolvi uma gastrite que remédio e médico nenhum resolvia, eu ficava cerca de 4 meses passando mal, vomitando e sem comer, somente na sopa, fiquei assim por 4 meses, com períodos de remissão de 8 meses e depois vinham 4 meses de sofrimento, aos 18 anos eu desenvolvi anorexia por consequencia da gastrite que virou uma úlcera, com 1,76 eu fiquei com 40kgs, o médico disse que eu iria morrer, não respondia as medicações e que se no começo do ciclo ( isso no primeiro mês )  eu estava assim, no quarto eu já estava mais do que morto ( sensível não? )… Bom, por sei lá motivos eu consegui me recuperar, porém um médico que era Gastro também era Psiquiatra e viu que o meu quadro era Psicossomático e me passou um Anti-depressivo e um Ansíolitico e meu quadro foi melhorando e eu fui melhorando, engordando, ficando bonito, minha auto-estima melhorou, fui chamado por uma agência de modelos pra trabalhar… minha mãe disse que eu não podia porque era coisa do demônio, que era uma armadilha pra ele me jogar no homossexualismo… minha mente deu um ‘estalo’, foi como um gatilho, minha mente disparou “sua mãe sabe de você”, sendo que eu mesmo negava isso de mim mesmo! Nisso eu recusei a proposto e entrei na mais profunda depressão que vocês podem imaginar, cheguei a tomar 15 ( QUINZE ) remédios controlados por dia e não surtiram efeito, meu cabelo começou a cair, comecei a sofrer transtornos dismórficos corporais ( me via gordo demais ou magro demais, sem ser ) e em todo este processo eu continuei na igreja, orando, fazendo as campanhas, orando e tudo mais… Bom, eu acabei desenvolvendo uma Síndrome do Pânico, Agorafobia, Depressão Unipolar III e TOC, bom, haja mente pra isso, não havia psicólogo evangélico neste mundo que desse jeito… neste período eles já sabiam e contaram pra minha mãe e queriam reverter a minha sexualidade, pois achavam que ela era o foco do meu problema ( eu inclusive, passei pela mãe da Rozangela Justino, que foi sensurada pelo CFP, por prometer cura a homossexuais, ela é daqui da minha cidade, aquela tirana, depuradora do evangelho )… Nestes processos com vários psicólogos e psiquiatras eu fui obrigado a ver revistas pornográficas de mulheres peladas para “aprender a gostar daquilo” e ficar repetindo “eu gosto de mulher” várias vezes para criar uma espécie de TOC e também não podia abraçar amigos, tios, primos e qualquer homem que fosse… roupas cor de rosa ou de tom parecido foram rasgadas… roupas apertadas foram jogadas fora… Xampus, Condicionadores, Cremes de Pentiar, Hidratantes, tudo jogado fora a mando destes psicólogos! Fiquei sem internet, sem computados, sem videogame, sem TV, fiquei em regime de reclusão, foi algo desumano… Mas os Psicólogos alertaram os meus pais: “durante este processo de CURA E LIBERTAÇÃO O INIMIGO PODE TENTÁ-LO A TIRAR A VIDA DELA, ENTÃO ESCONDA TUDO PONTIAGUDO”, bom, eles eram muito bem treinados, eu não ia tentar tirar minha vida porque estava sendo curado e sim porque estava sendo privado de viver, exatamente de tudo e com todos! literalmente! Até que um dia, meu pai esqueceu o prestobarba na pia do banheiro e eu desmontei ele e rasguei meus braços de ombro a pulso, meu torax de lado a lado, tomei caixas de remédios e remédios, quando meu pai entrou no meu quarto, viu simplesmente um difunto…. o quarto totalmente encharcado de sangue ele me pegou no colo gritando: “Socorro meu filho, socorro, não morre meu filho, não morre! Alguém me ajuda por favor! Socorro! Alguém me ajuda!!!” e meu sangue escorria pelo corpo dele, fui levado ao hospital por ele e pelo porteiro do prédio, cheguei sendo todo aparelhado, aparelho de respiração, medição cardíaca, carvão ativado, médico cirurgião daqui e dali… Sei que só tomei a consciência novamente 2 dias depois e do meu lado tinha uma outra Psicóloga que eu sabia que era evangélica porém eu não fazia terapia com ela… já olhei pra ela com olhar de angústia… mas a notícia foi diferente: “Pare de lutar contra si mesmo! Deus te fez assim! Você acha que é isso que Ele quer pra sua vida? Ver você todo mutilado? Doente? Você acha que as pessoas que fazem isso com você e com seus pais são homens e mulheres de Deus? Não, não são! Eles são assassinos! Estão te matando, olhe pra você, você é uma vítima deles! Eles estão destruindo mais uma família em nome de Deus! Isto não é Deus! Eles são tão fiéis que não acreditam na onipotência e onisciência de Deus? Será que eles não acreditam que Deus sabia que você seria assim? Será que é difícil estudar um pouco para entender que a terminologia eunuco se refere aos homossexuais da época de Jesus?! Aqui está meu marido, ele é pastor! Converse com Ele um pouco! Sou Psicóloga ! Vamos conversar melhor!”

Bom, ai minha vida começou a mudar… Conheci uma Médica Homeopata que comecei a me tratar no lugar dos raios dos controlados, ela também era cristã e também como todo homeopata tinha noções da psiqué humana e me olhava como uma um ser humano igual ao outro, nem mais doente, nem mais são, simplesmente ser humano… Conheci uma Médica Endócrinologista, um Dermatologista, um Psiquiatra, alguns muitos Psicólogos e Psicanalistas, alguns Filósofos, alguns Teólogos, alguns Sociológos, Antropólogos e no meio disso, nestes incentivos eu já andava pra lá e pra cá com eles fazendo cursos, assistindo palestras, ai fiz minha primeira formação ( Teologia ), depois eu fiz outra, ai acabei fazendo outra, ai me especializei em algumas áreas dentro das formações como Teologia Contemporânea, Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia, Psicossomática, Psicoterapia Holística, Terapia Bioenergética, Oligoterapia, Terapia de Bach, dentre outras muitas coisas… e me vi perdido no meio de muitos livros, me vi dentro de uma família que antes me viam como o capeta e hoje me amam e uma mãe que me perturba pra arrumar um namorado ( indiretamente ), ela não diz que eu sou gay, ela diz que eu sou um rapaz que apenas gosto de outro, mas isso não quer dizer que eu seja gay! ( Ela ainda é evangélica, mas passa por cima do pastor se elecolocar o dedo na minha frente e é compreensível que ela prefira usar outros termos… pra ela ainda é muito novo, ela é 17 anos mais velha que meu pai )… Meu pai já nem liga, eles viajam sempre e meu pai me liga ou quando eu ligo pra ele ele sempre liga brincando: “Fica tranquilo meu filho pode fazer o que quiser ai, ninguém vai te pegar com ninguém!”, chega a ser besta! Meus pais quase se separaram por conta dessas psicologias doidas que aplicaram em mim, mas no final, na luta pela minha vida, tiveram de se unir e hoje vivem super bem… minha mãe foi Miss, ele tinha um ciúme que não era deste mundo! E meu pai é alemão e minha mãe tinha uma ciúme também, então acabou que eu recebi alta da psicóloga e eles foram no meu lugar, kkk… Eu só sei de uma coisa… Aquela psicóloga que me ajudou foi expulsa da igreja por me ajudar, ela chorou muito, pois ali foi criada, ela foi contra os dogmas da igreja pra salvar a minha vida! O amor me salvou, aquilo sim foi CRISTO! O amor dela por mim foi Cristo! Se ela tivesse agindo como a igreja tivesse estabelecido, eu estaria (se fosse espírita ) no máximo psicografando aqui pra vocês e eu sei que ela pra me ajudar não falou muito de Freud, de Lacan, de Jung, de Samuel Hamelk ou de teorias X e Y, ela simplesmente me mostrou que ser da maneira que nasci não é errado, errado é eu querer agir da forma inversa a qual Deus me criou… Hoje eu conheço e sei que existem pessoas com perfis que só se mudam com teorias que só se mudam com razão e não com emoção e eu só tenho mostrado razão aqui! E eu preciso mostrar a minha emoção, a minha vida! Que não foi uma histeria religiosa! Foi um resgate espiritual! Eu vivi na pele o que esse Dep. Federal João Campos quer propor ( Terapia de reversão sexual com dinheiro publico ), o que Anthony Garotinho e Lucena fizeram, barraram o kit anti-homofobia que poderiam ter impedido que eu sofresse Bullying! Hoje eu posso dizer que fui salvo pelo amor! Não pelo amor da igreja, vixe, pelo “amor” dessa eu estaria na cova, mas pelo olhar de misericórdia e compaixão de Cristo por sua criatura que sou eu, você, todos os homossexuais, heterossexuais, transgêneros, pansexuais, assexuados, bissexuais e toda variante da sexualidade humana que não é inerente a vontade humana! Eu sei, quem me entende sabe, que ninguém em sã consciência escolheu ser 10 ou 15% da sociedade e mesmo que escolhesse teria de ser respeitada por lei, mas se mesmo não escolhendo, não são, que dirá escolhendo, JESUS! Hoje eu brinco! Me mijo de rir com as heresias pregadas por Silas Malafaia e CiA, pela bancada furada evangélica, que é uma piada, é digo que é heresia com respaldo, pois estudei pra isso, se é certificado que conta, eu tenho uma pasta aqui! Muitos deles são pastores por irem durante 6 meses a um seminário que te ensina os 10 mandamentos e a pedir o dízimo, outros nem isso fazem! Outros se dizem apóstolos e profetas, contrariando a própria Bíblia ( “A lei e os profetas duraram até João; (…) “- Lucas 16:16 ), os apóstolos eu nem preciso dizer que só foram 12 né? Bom, não vou dar aula de Teologia aqui, isso fica pra outros posts!

Eu sei que eu aprendi uma coisa a qual ninguém muda e ninguém distorce, a qual ninguém conseguirá distorcer na Bíblia!

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”.1 Coríntios 13:13

“porque quem ama aos outros cumpriu a lei”. – Romanos 13:8

“O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor”.- Romanos 13:10

“(…) amor, (…)paz, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. – Gálatas 5:22-23

Meu querido, o que os psicólogos fizeram comigo, me fizeram muito mal e o amor não faz mal, e falar que a terapia de reversão sexual éalgo que me fará voltar aos costumes de Deus é abominável ao que Cristo nos ensinou, o amor não faz mal! Deus jamais faria isso com alguém! De fato, ele permitiu que eu passasse por isso, porque sabia que eu ia conseguir suportar e um dia dar o meu testemunho, o meu parecer, o meu falar e dizer que: Tudo irá ficar bem! Comigo ficou! Não existe lei contra o amor! Se você é homem e ama outro homem seja ele negro, branco, mestiço, alto, baixo, magro, gordo, deficiente, calvo, cabeludo, ame! ame sem medo! Deus não te condena por amar! Inclusive, Deus prefere que você ame do que tenha fé! Pois o amor é mais importante do que a fé! Porque eu não tinha mais fé, nem esperança, mas pelo amor, todos estes dois vieram até mim novamente! Se você é mulher e gosta de outra mulher e ela é branca, negra, gorda, magra, tem filhos, é divorciada ou viúva e a ama, ame! Ame sem medo! Deus não irá te condenar por amar! E você que é homem ou mulher e ama alguém do sexo oposto e ele é mestiço, branco, negro, gordo, baixo, calvo, peludo, barriguda, viúva, separado e o ama, ame! Ame sem medo, Deus não te condenará por amar! E você que acha que não é nem homem e nem mulher, que anda com essa confusão de identidade de gênero e orientação sexual, se amar alguém, algum ser humano, que seja humano e você o ame, seja ele feito com qualquer característica ou peculiaridade e você o ama, ame! Ame sem medo! Deus não irá te condenar por isto!

Eu só queria falar… Falar de amor…

Por tal, não deixem de falar ao telefone com seus pais, amigos, namorados, noivos, pessoas que querem namorar ou pessoas que sentem grande afeto ou que admiram muito o que sente: “Te amo!”; “Te admiro”; “Você é muito pra mim”;

As vezes não temos oportunidade de dizermos isso… as vezes perdemos as pessoas em minutos, as vezes nos perdemos em minutos, as vezes perdemos a capacidade de amar… quando eu pensei ter perdido a capacidade de amar e a retomei eu chorei muito, pelos dias que não disse que amava meu pai e minha mãe, pelos dias que não disse que amava o meu Deus, o meu Jesus! Após o dia que eu sai daquele hospital ainda enfaixado, eu já sai falando pra Psicóloga: “Eu te admiro!” Hoje, ela não é mais uma psicóloga, é uma mãe e eu digo: “Eu te amo!” e aos meus tutores e aos meus mestres eu digo o que tenho que dizer sempre que tenho a oportunidade e eu sempre arrumo uma :)!

Uhul, segue minhas fotos, agora o blogueiro do HomofobiaBASTA! não é mais anônimo😀 ( nunca fui né! Twitter dã! Mas enfim )

E claro, ouçam a música! E pensem!

Não desperdicem o tempo… Não deixem as coisas trancadas entre os dentes! Deixem-as brotar! Fale! Diga! 

Só queria falar… queria falar de amor…

1 Response to "Eu quero falar… quero falar de amor…"

Felipe, vc é uma pessoa especial. Merece tudo de bom que a vida tem a te dar daqui para frente. Aproveite a boa fase que terá início. O passado sempre nos trás amargas lembranças, mas o futuro pode trazer boas esperanças. Sucesso!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 438,192 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: