Homofobia Basta!

Com tantas “filias” eu me pergunto, porque a homossexualidade?

Posted on: 8 de junho de 2011

A Lista é gigante!!! São Psicopatologias por demais comum, mais até entre os heterossexuais, porque o Silas, Magno Malta, Júlio Severo e Cia não vão falar delas? Já que a homossexualidade é a mais suja de todas as “doenças” falar de parafilias é bobagem, eles deviam alertas os fiéis das mais de 30 parafilias do satã!

 

Parafilias

           

O estudo da Sexologia nos leva a conhecer o homem como ser sexual.
Parafilia etimologicamente significa para = desvio; filia = aquilo para que a pessoa é atraída.
As Parafilias são caracterizadas por anseios, fantasias, desejos, vontades, ou comportamentos sexuais; que envolvem objetos, atividades, ou situações incomuns e estranhas. Sendo uma necessidade para se chegar ao orgasmo.
Quando uma pessoa depende exclusivamente do seu modo peculiar e diferente de se excitar, ter orgasmo e alcançar a satisfação sexual; ele é considerado portador de uma Parafilia.
Ter uma Parafilia significa viver sua sexualidade sem prejudicar a terceiros. Pois todos temos o direito de nos expressarmos de forma sexual, desde, que não seja negado o direito do outro.
A Parafilia se transforma em Distúrbio Psicossexual quando a pessoa infringe os direitos e as vontades do outro.
As Parafilias são inúmeras e abaixo listo algumas delas:
Acrotomofilia 
é a prática sexual em que a excitação ocorre por pessoas que tenham alguma parte de seu corpo amputado; pois a excitação ocorre pela falta daquela parte;
Agalmatofilia, ou Estatuofilia 
a excitação é provocada pela observação de estátua ou modelo representativo da pessoa nua;
Algofilia
 a pessoa se excita sentindo dor durante a relação;
Andromimetofilia 
é a atração dos homens por mulheres que sexualmente representam e se relacionam como se fossem homens; 
Anilíngua
 a excitção ocorre ao lamber ou chupar o ânus do parceiro;
Apotemonofilia, ou Amelotatista
 é a prática sexual em que os membros do próprio corpo são amputados durante o ato sexual; ( Parafilia rara geralmente co-relacionada a Psicopatia )
Asfixiofilia, ou Hipoxifilia
 a excitação se intensifica através da falta de oxigênio. Alguns utilizam compressão torácica, atadura, máscara, substância química, ou sufocação com saco plástico. Está pratica levam muitas pessoas ao óbito;
Autoasesinofilia
 é a prática sexual em que a excitação está relacionada com a encenação de uma morte masoquista de si mesmo por assassinato;
Autonepiofilia
 a excitação se dá ao fingir ser um bebê de fraldas e o seu parceiro o trata como tal; ( por mais estranho que pareça, isso é muito comum )
Biastofilia 
o pessoa se excita ao atacar uma pessoa desconhecida e esta aparenta estar aterrorizada. Não confunda com o estuprador; pois no caso dele é um Distúrbio Sexual, atacando desconhecidos e conhecidos também; ( São nessas que os “estrupadores” não são presos, quando são diagnosticados de Biastofilia são levados a um centro intensivo de Terapia Psicológica e Psiquiátrica, quando se obtém um grau de melhora, são liberados, param de tomar os anti-psicóticos ai começam a atacar novamente, por conta da lei brasileira, não se pode manter permanentemente preso um doente que apresente melhora )
Clismafilia 
a pessoa se excita ao injetar substâncias no reto;
            Coprofemia a excitação ocorre com o uso de palavras obscenas; ( Vixe, 90% dos casais heteros “apresentam” essa “filia” ) 
Coprofilia, Coprolagnia, ou Escatofilia 
a excitação se dá através da manipulação de fezes ou a simples inalação de seu cheiro. Defecam um sobre o outro, se lambuzam e chegam a comer as fezes. Existem registros desta prática desde os primórdios da civilização humana;
Cunnilingus 
o prazer sexual está na boca e na língua, perante o genital feminino. A pessoa se excita ao chupar, ou lamber a vagina de uma mulher; ( Muito comum também, mas o pastor não fala! Vamos perguntar em um debate destes sobre isso ao Silas )
Efebofilia 
a excitação ocorre com parceiros púberes, ou adolescentes;
Erotofonofilia
 a excitação acontece com a possibilidade de matar o parceiro, sendo a morte o seu momento de orgasmo; ( Parafilia comórbita a Psicopatia )
Escatofilia, Coprolalia Telefônica, ou Telefonescaptofilia
 a excitação é provocada após a pessoa ter tido conversas íntimas de linguagem vulgar com conhecidos ou desconhecidos;
Espectrofilia
 é a prática sexual em que a excitação ocorre através de fantasias mórbidas com fantasmas ou espíritos; ( Acontece muito com pessoas que são espiritualmente diagnosticadas por pais de santos e pastores portadores de espíritos e derivados de “pomba-gira” )
Estefilia 
a excitação erótica é realizada através da atenção excessiva dada à estética; ( normal… )
Estigmatofilia
 o pessoa tem excitação por parceiros que tenham tatuagens, cicatrizes, ou perfurações pelo corpo; ( quase normal… )
Ecouterismo, ou
 Narratofilia o prazer consiste em escutar histórias eróticas ou sons produzidos durante o ato sexual; ( normalíssimo )
Exibicionismo 
o estímulo erótico ocorre em exibir a genitália à outra pessoa em locais públicos de forma chocante. Geralmente são pessoas tímidas e podem se masturbar durante ou após a exposição. Ele (a) tem a fantasia de que, quem o observa ficará excitado, o que faz aumentar a sua própria excitação; ( normal )
Felatio Irrumatio
 o prazer sexual está ao chupar, ou lamber o pênis; ( Não sei o que isso faz na lista de parafilia )
Fetichismo 
muitas coisas podem ser consideradas objetos de fetiche, como uma parte do corpo, ou um material específico (couro, borracha etc.). Freqüentemente o fetichista coleciona o objeto do seu desejo e se masturba enquanto segura, esfrega, cheira ou quando o parceiro o usa nos encontros sexuais. Geralmente são homens tímidos com dificuldades de comunicação;
Formicofilia
 a pessoa se excita através do contato com animais pequenos que deslizam, arrastam e mordem os seus genitais, a região do períneo e os mamilos (caracóis, rãs, formigas etc.); ( Em toda vida profissional, só observei 1 caso assim )
Frotteurismo, ou Bolinação
 o Froteurismo é derivado do francês frotter, que significa esfregar ou roçar. Os froteuristas esfregam seus genitais contra as coxas e nádegas e acariciam com as mãos a genitália ou os seios/mamilos do seu parceiro. Fantasiando um relacionamento que em geral acontece em locais públicos (calçada movimentada, transporte coletivo etc.); ( isso é bem comum aqui no Brasil )
Gerontofilia
 o estímulo sexual vem da atração por pessoas mais velhas, com idade de serem seus pais ou avós;
Ginemimetofilia
 a pessoa se excita por homens que sexualmente representam e se relacionam como se fossem mulheres;
Hibristofilia
 a excitação ocorre se o parceiro for um criminoso, que tenha cometido crimes como violação, assassinato, estupro, ou roubo;
Hifefilia
 o estímulo erótico acontece por meio de toque ou roçar nas áreas eróticas do corpo (nádegas, seios, mamilos etc.); ( Não sei porque consta na lista de parafilias também )
Juvenilismo Parafílico
 é a prática sexual em que a excitação ocorre quando um dos parceiros fingi ser uma criança ou um adolescente e o outro o trata como tal; 
Kleptolagnia, ou Kleptofilia
 é a atração erótica provocada pelo roubo; 
Masoquismo
 essa palavra vem de Leopoldo Secher-Masoch, que descreveu pela primeira vez tal atração. A pessoa excita com o sofrimento de sua própria dor. O seu parceiro pode iniciar com um simples tapa desencadeando até a morte. No Masoquismo há espancamento, açoitamento, perfuração, fazendo que o seu praticante rasteje e lata como um cão. Alguns masoquistas atam a si próprios, picando-se com alfinetes, agulhas ou automutilando-se. Por vezes nem o ato sexual em si ocorre; pois a dor já os levou ao orgasmo;
Misofilia
 o estímulo erótico é provido da sujeira. O misofilista cheira, mastiga ou realiza outra ação com roupa suja, suada e artigo de higiene (absorvente, toalha, papel higiênico etc.); ( é bem comum, por mais nojento que pareça )
Morfofilia
 é a prática sexual por parceiros que possuem uma ou mais características particularizadas no corpo (seis dedos na mão, língua de formato diferente etc.);
Necrofilia
 a excitação erótica provém do relacionamento com cadáveres. Por vezes o necrófilo invade necrotérios, viola sepulturas e chega até a matar para se relacionar sexualmente;
Neoterofilia
 a atração se realiza através de pessoas jovens e colegiais;
Normofilia
 a pessoa se excita de acordo com a concordância com os padrões sociais e legais. Ser certinho em demasia é considerado uma Parafilia; 
Olfatofilia, ou Osmolagnia
 a excitação é provida de odores de várias partes do corpo (principalmente a dos órgãos sexuais);
Parcialismo
 a excitação ocorre com o toque de uma parte específica do corpo, chamada parte-objeto (mamilos, pernas, peito cabeludo, unhas etc.);
Partenofilia
 a pessoa sente atração sexual por pessoas virgens;
Pederastia
 é a atração sexual do homem de idade por um adolescente;
Pedofilia 
etimologia quer dizer pados = criança, filia = atração. É a prática sexual com crianças. O pedófilo se envolve com meninos, meninas ou ambos. Podendo se limitar em despir e observar, ou se exibem, se masturbam na presença dela, praticam felação, cunilíngua e penetram em sua vagina, boca e ânus com os dedos, objetos estranhos, ou com pênis. É considerado pedofilia, quando a pedófilo e cinco anos mais velho que a criança. A pedofilia é caracterizada como um Distúrbio Psicossexual;
Pigmalionismo 
a excitação não é provocada pela observação de uma estatua (Agalmatofilia, Estatuofilia) e sim pelo uso dela sexualmente;
Podolatria
 o estímulo erótico vem dos pés. Os podolatras ficam excitados só de verem um sapato, ou imaginar um pé;
Renifleurismo
 a pessoa se excita somente com o cheiro da urina, não havendo necessidade de contato;
Restifismo
 a excitação ocorre ao observar, calçar, lamber, cheirar ou beijar os sapatos de uma mulher;
Sadismo
 sado vem do Marquês de Sade (1770- 1818), ele afirmava que a volúpia sexual intensifica-se sob estado de posse e dominação. O Marquês de Sade foi o primeiro a descrever o sadismo como prática sexual. A excitação vem do sofrimento psicológico e da dor física do seu parceiro. Os atos sádicos vão desde simples palmadas, tapas, até chicoteadas, queimaduras, cortes e administração de choques elétricos. O seu parceiro masoquista pode ser vendado, espancado, beliscado, esfaqueado, estrangulado, torturado e mutilado até a morte. O sadismo tem sido denominado também de flagelantismo, ou algolagnia ativa palavra grega que quer dizer: algo = dor; lagneia = devassidão;
Sadomasoquismo, ou Algolagnia
 é a prática sexual em que o indivíduo é sádico e masoquista ao mesmo tempo. Ora a pessoa causa a dor, ora ela sofre a dor. Com a utilização de algemas, roupas de couro e chicotes;
Sodomia
 o prazer sexual ocorre com a penetração do ânus pelo pênis; ( dessas eles falam… )
Simforofilia
 a excitação ocorre após presenciar um acidente de trânsito, ou um desastre, como também a observação de suas conseqüências;
Somnofilia
 a pessoa se excita quando é acordada por um desconhecido fazendo-lhe carícias eróticas, sem o emprego de violência;
Topomania
 é a atração sexual por lugares exóticos;
Topoinversão 
prática sexual que ocorre fora das genitálias. Como o relacionamento sexual oral (felação e cunilíngua), anal etc.;
Toucherismo 
a pessoa se excita com o tocar de seu corpo por um desconhecido (seios, nádegas, genitais etc.);
Travestismo
 o estímulo sexual é obtido com o uso de roupas do sexo oposto. Geralmente o seu usuário se masturba imaginando ser o homem e também o objeto feminino de sua fantasia. Normalmente não são homossexuais e após a masturbação ou o ato sexual abandonam as vestias; ( favor não confundir com transgêneros )
            Triolismo é a prática sexual a três (dois homens, uma mulher ou duas mulheres e um homem). Considerado orgia, ou suruba;
Urofilia, Urolagnia, ou Chuva Dourada 
a excitação acontece mediante o contato com urina. Nesta prática os parceiros urinam sobre si, se lambuzam e a bebem durante o ato sexual;
Voyeurismo, Escopofilia, ou Mixoscopia
 a pessoa se excita através da observação às escondidas de pessoas se despindo, nuas ou mantendo relações sexuais. Enquanto assistem geralmente o voyeuristas se masturbam e em sua maioria são solteiros. O uso de filmes ou revistas pornográficas para a excitação sexual, não é considerado voyeur, tendo em vista que são confeccionados para a finalidade da masturbação;
Zoofilia, Zoorastia, ou Zoolagnia
 é a prática sexual que envolve animais ou apenas a observação deles em cópulas. Alguns zoofilistas treinam animais exclusivamente para esta prática. Quando a prática da Zoofilia acontece no ato sexual com o animal, ela é caracterizada como um Distúrbio Psicossexual;
Zoossádico
 a excitação provém do prazer em judiar de animais. A Zoossádico é caracterizada como um Distúrbio Psicossexual;
Você pode ter, ou conhecer alguém que tenha uma Parafilia, ou mesmo várias delas. Não se choque! Pois é apenas uma forma diferente de ter prazer.
Mais Atenção! Se a pessoa resolve variar a prática sexual e usar uma fantasia de couro e algemas de vez enquanto, não é considerado Parafilia. Você não tem Parafilia se uma vez ou outra roçou numa pessoa dentro ônibus, se gostou de sentir dor no ato sexual, se realiza penetrações anais ou se excitou ao ver um dia os cavalos copulando. Terás sim uma Parafilia se um desses comportamentos dados como exemplo forindispensável para o seu prazer; ou seja; você só tem prazer esfregando nas pessoas, só tem tesão sentido dor no sexo e só chega ao orgasmo vendo animais copulando.
Se você tiver alguma Parafilia, identifique-a, se aceita como ser diferente e seja feliz.
Mais quando a pessoa que tem Parafilia transgride os direitos do outro, ela passa a ser portadora de um Distúrbio Psicossexual (distúrbio derivado mais de fatores psicológicos do que orgânicos). Esta pessoa não está bem emocionalmente e psicologicamente para ter como meta a sua satisfação sexual acima de tudo e todos.

 

Letícia Luccheze.

 http://www.leticialuccheze.com/parafilias.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 438,192 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: