Homofobia Basta!

O Problema do Silas Malafaia! @PastorMalafaia nos fale do seu avião de 19 milhões de reais!

Posted on: 26 de maio de 2011

SE VOCÊ É CRISTÃO E SERVE A DEUS LEIA ESTE ARTIGO! NÃO O IGNORE!

E AOS QUE NÃO SÃO TAMBÉM LEIAM! 

AOS HOMOSSEXUAIS TAMBÉM!

PORQUE O PR. SILAS MALAFIA PERSEGUE TANTO OS

HOMOSSEXUAIS? É REALMENTE POR CAUSA DA BÍBLIA?!

Ora, Quem não conhece o Pr. Silas Malfaia o pastor que vende benção por R$ 900,00 ? Pois bem, ele está tão engajado no combate aos homossexuais, que quem não faz a vontade ele é xingado e tudo mais, incluindo até mesmo pastores!

Antes da decisão do STF, ele pediu que os cantores e pastores evangélicos divulgassem a seus seguidores do Twitter que mandassem os mesmos mandar e-mails pro STF para que ele não votar a favor… Pois bem, não presto! O STF votou em unanimidade a favor da união civel homoafetiva e ele com uma raiva foi logo falar com a doce Pra. Ana Paula Valadão!

Vejam:

Malafaia criticou Ana Paula Valadão, Aline Barros, Fernanda Brum e André Valadão, por omissão na votação do STF que aprovou a união gay no país.

Após convocar os cristãos a enviarem emails para os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal que votariam na ação que reconhece a união entre casais do mesmo sexo como uma “entidade familiar”, o pastor Silas Malafaia causa rebuliço no Twitter ao cobrar cantores e personalidades evangélicas pela omissão em não apoiá-lo nesta causa.

Em sua página no microblog, Malafaia disparou mensagens afirmando que os homossexuais deitaram e rolaram nas redes sociais ao comemorar a quase aprovação da união homoafetiva no Brasil.

Os tweets que foram enviados para Ana Paula Valadão, Aline Barros, Fernanda Brum e André Valadão continham o seguinte texto: “ Obrigado pela omissão de vcs em não rtt p/ conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto q é fundamental q favorece os homossexuais. Se twitter é para mostrar agenda e fotos, é melhor acabar pq não presta pra nada.”

Ana Paula Valadão responde acusação de Silas Malafaia

Em sua página no Twitter, Silas Malafaia disparou mensagens para diversos cantores evangélicos afirmando que os homossexuais deitaram e rolaram nas redes sociais ao comemorar a quase aprovação da união homoafetiva no Brasil e cobrando pela omissão deles em apoiá-lo nesta causa.

A líder do ministério Diante do Trono, Ana Paula Valadão, foi uma das personalidades evangélicas que Malafaia escreveu dizendo: “ Obrigado pela omissão de vcs em não rtt p/ conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto q é fundamental q favorece os homossexuais. Se twitter é para mostrar agenda e fotos, é melhor acabar pq não presta pra nada.”

Ao ler a mensagem do pastor Ana Paula escreveu em sua página pessoal do microblog: “ Tive a tristeza de ler alguns twittes q citam meu nome com acusações e julgamentos. É verdade, cada um dará contas de si mesmo a Deus, e de cada palavra que proferimos. Lamento por algumas partes do Corpo de Cristo quw se acham no direito dw acusar outros por não agirem como eles sentem que Deus os chamou para agir. Eu só posso dizer o que eu sinto que Deus quer que eu diga..Avivamento, a volta de uma pessoa ou de uma nação para Deus e Seus princípios, a meu ver não é algo que aconteça de cima para baixo…Podem haver leis proibindo isso ou aquilo e as pessoas continuarem na prática de pecado. Creio que o avivamento vem de baixo para cima e a mudança ou estabelecimento de leis segundo os padrões de Deus serão conseqüência do que se passa numa sociedade em avivamento, que quer Deus mais do que querer mudança ou impedimento de legislação, clamo por mudança do coração” escreveu a cantora.

Após ler as mensagens de Ana Paula, Silas Malafaia revidou dizendo: “ Tem gente que não perde a oportunidade de ficar calada! Qdo é pra defender seu nome, responde rapidamente. Qdo é pra defender o Reino de Deus, diz q ta viajando.”

http://noticias.gospelmais.com.br/silas-malafaia-ataca-ana-paula-valadao-aline-barros-19533.html

Silas é Favor da Teologia da Prosperidade e a Pra. Ana Paula Valadão é totalmente contra e isso gerou mais confusão ainda!

Em resposta (parece), a Pra. Ana Paula Valadão responde em vídeo:

Os humores se alteraram e Ana Paula Valadão embora não concorde com a homossexualidade não trata os homossexuais com leviandade, nem ignorância, muito menos com ódio, ela diz o que pensa e conhece a Bíblia o suficiente pra saber que não é no grito que se conquista algo que se quer.

Silas Malafaia vende vários tipos de Bíblias, de cores, conteúdos e até EXTA-conteúdo, indo contra o princípio Bíblico básico, descrito em Apocalipse:

“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; ” – Apocalipse 22:18 

Mais Silas não cansa, ele faz de tudo, se possível passa o dia no Twitter pedindo assinaturas contra os homossexuais, como se não bastasse cria seu próprio abaixo assinado:

Sempre com um lindo sorriso para defender seus interesses!

Chega a ser ridículo, mais ele faz isso. Se você entrar no site dele, de cara vai ver algo relacionado aos homossexuais, se for no site da associação vitória em Cristo, também irá dar de cara com algo sobre homossexuais. Silas Malafaia é psicólogo, e sabe usar as palavras pra convencer as pessoas, só que ele pensam que todos são burros e que não existem outros Psicólogos por ai… E olha que existem muito, existem até mais audaciosos que ele, que criticam sem medo nenhum a posição dele, que inclui até mentiras pra ganhar voto e fama, nas últimas eleições, ao ver que a Marina Silva não ia ganhar, mesmo sendo da mesma denominação que ele, disse que não votaria em Marina Silva porque ela era ” a favor da liberação da maconha e do aborto”  O que todos nós sabemos que é uma bela de uma mentira! Isso levantou a fúria de muitos pastores, o Rev. Caio Fábio que é Psicanalista e conhece muito bem a índole de Silas, em seu programa fez críticas severas e denunciou o comportamento diabólico do Silas, chamando ele inclusive de “ratazana evangélica” e “safado”, confiram no vídeo:

Além disso, Silas Malafaia fundou uma Editora, a Central Gospel que é uma das pioneiras na venda de versões bíblicas NIV ( Nova Versão Internacional ). Para quem não sabe essa Bíblia foi traduzida em boa parte por uma Lésbica assumida de uma Igreja Inclusiva (ICM) e que os donos desta Bíblia são os maiores publicadores de livros satanistas, místicos, esotéricos, budistas, etc… Além de uma série de livros e filmes pornográficos, o dono da NVI, é conhecido como “príncipe das trevas”, ora e Silas não sabia disso? Ele pública em sua Editora que tem que ter aval e ainda dar boa parte da vendas das bíblias pra eles ajudando a financiar a indústria pornográfica e esotérica, certamente ele fez um acordo com os donos para que isso não vazasse, mais vazou e vazou pela Igreja Batista! Logo após o incidente várias outras denominações condenaram o uso das versões bíblicas NVI, pelo seu conteúdo herético, quem chega a trocar os nomes de Jesus, anular 17 versos bíblicos, subtrair 67mil palavras, alteras sinônimos por antônimo, negar a divindade de Cristo e favores a teologia da prosperidade! Todo este conteúdo, pode ser visto aqui: https://homofobiabasta.wordpress.com/2011/05/23/silas-malafaia-vende-biblia-satanica-traduzia-por-lesbica/

Ora, ele vende uma bíblia traduzia por lésbica, faz de tudo pra desfavorecer os homossexuais, chamam os mesmos de pedófilos, necrofilíacos e zoofilíacos ( pessoas que molestam crianças, que fazem sexo com cadáveres e animais ), o que é um absurdo total! Isso parece algum mecanismo de defesa que atua como pulsão constante em sua consciência, alguma coisa tem!

Lembro-me de quando estudei Psicanálise e me formei, um dos meus primeiros assuntos a ser abordado na TCC era sobre a Teoria da Formação Reativa, que basicamente é isto aqui:

“Esse mecanismo substitui comportamentos e sentimentos que são diametralmente opostos ao desejo real. Trata-se de uma inversão clara e, em geral, inconsciente do verdadeiro desejo. Como outros mecanismos de defesa, as formações reativas são desenvolvidas, em primeiro lugar, na infância. As crianças, assim como incontáveis adultos, tornam-se conscientes da excitação sexual que não pode ser satisfeita, evocam conseqüentemente forças psíquicas opostas a fim de suprimirem efetivamente este desprazer. Para essa supressão elas costumam construir barreiras mentais contrárias ao verdadeiro sentimento sexual, como por exemplo, a repugnância, a vergonha e a moralidade

Não só a idéia original é reprimida, mas qualquer vergonha ou auto-reprovação que poderiam surgir ao admitir tais pensamentos em si próprios também são excluídas da consciência.

Infelizmente, os efeitos colaterais da Formação Reativa podem prejudicar os relacionamentos sociais. As principais características reveladoras de Formação Reativa são seu excesso, sua rigidez e sua extravagância. O impulso, sendo negado, tem que ser cada vez mais ocultado. Porém, chega uma hora em que o individuo critica tanto o seu real desejo que deixa transparecer o que realmente quer. ”

(Dicionário de Psicanálise Francês Laplanche e Pontalis de Presses Universitales de France, Paris, 1967 ; Dicionário Ego de Psicanálise, edição 2001 )

Ora, Freud é maravilhoso, Freud explica!

Como podemos observar, uma pessoa que tem uma orientação sexual, só que por motivos sociais, religiosos, familiares não podem se assumir ou não podem sentir como é, eles acabam reagindo opostamente ao desejo real, como no caso acima. Silas é conhecido pela sua Regidez, Excesso e Extravagância quando se refere aos homossexuais! Quando ele faz isso ele suprime a sua verdadeira excitação sexual, inconscientemente sua mente trabalha: “Já que eu não posso me relacionar com alguém do mesmo sexo, ninguém terá também este prazer, portanto, devo impedir!”. Logo o Silas substitui seu desejo real e sua essência ( ser homossexual e querer ter relações homossexuais ) pelo oposto que é viver uma vida com uma mulher, mesmo sem gostar, ter filhos, etc… e para se auto-justificar criticar arduamente o que ele realmente quer!

Outro ponto! Professores de Psicologia, relatam que boa parte de seus alunos são homossexuais que querem se entender e fazem psicologia para tentar se entender ou desmanchar o que eles encaram como errado e que a religião não foi capaz de resolver.

E Silas fez Psicologia. 

Outra questão é levantada pela Psiquiatria, a Homofobia exagerada é considerada uma doença, uma psicopatologia de RECALQUE, de inversão ao desejo real.

Vejamos o que o dicionário de Psiquiatria nos diz:

“Esta expressão significa medo do homossexualismo. O medo do homossexualismo empurra as pessoas em direção ao sexo oposto com objetivos de reprodução e de garantir ao sujeito sua identidade heterossexual. A homofobia é típica de pessoas que, consciente ou inconscientemente, ainda têm muitas dúvidas e angústias sobre sua identidade sexual. Como mecanismo de defesa de sua insegurança, estas pessoas costumam ridicularizar e agredir os homossexuais. Casos muitos graves de homofobialevam o sujeito a fazer investidas como o assassinato de homossexuais.” http://virtualpsy.locaweb.com.br/dicionario_janela.php?cod=312

Ora, mais uma prova! Silas adora chamar os homossexuais de “boiola, bixa, mocinha”, ama ridicularizar os homossexuais e agredi-los com palavras!

( Vixe Silas, ta ficando feia a coisa! )

Outro ponto! 

Podem pensar que ele age assim porque defende a “Palavra de Deus” a “Bíblia”, ora, isso pura falta de conhecimento e de lógica! Se Silas realmente defendesse a Bíblia, não iria fabricar uma que nega a divindade de Jesus, que altera palavras e que inclui palavras que nem existem, chegando ao absurdo de usar antônimos. Ele fez Teologia, não é tão burro gente, ele só quer enganar as pessoas, achando que todos são burros! Mais erra ele! 

Não existe defender a Palavra de Deus anulando outros princípios dela. Ora, todos sabem que Silas “prega” gritando, sabem que as palavras dele transmitem ódio e raiva. Ele declara total inimizade com os homossexuais, ele debocha e humilha homossexuais, ele declara guerras contra homossexuais, ele diz que homossexuais não serão salvos, ele diz que homossexuais não podem servir a Cristo e que em sua igreja não podem ser membros, homossexuais “não libertos”.

Agora analise comigo os erros Teológicos, Bíblicos e do evangelho.

Primeiro que: ” Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas. ” – Romanos 2:11

Depois olhem heresias e erros que este homem comete.

Ele tem ódio, raiva e grita quando se fala em homossexuais ou quando se contraria as posições dele, vejamos:

“Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,” – Efésios 4:31

Ele gosta de julgar, debochar, zombar e humilhar, declara inimizade, etc…

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.  Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. ” –  Galátas 5: 19 a 21

“Sabei antes de tudo o seguinte: nos últimos tempos virão escarnecedores cheios de zombaria, que viverão segundo as suas próprias concupiscências” – .2 Pedro 3:3

“Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?” – Tiago 4:12

Obs: Interessante que Tiago Fala “outrem”, bíblicamente e dentro do contexto bíblico, este termo é usado para designar ‘qualquer um’, ou seja, Tiago condena o que julgar qualquer um que seja, assim como Paulo

“Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo.” – Romanos 2:1

Ora, homossexuais não serão salvos? Pelo que sei há um só legislador que pode salvar e destruir, ou seja só um que pode julgar, condenar ou salvar, que é o próprio Deus ( conf Tg 4:12 ).

Homossexuais não podem servir a Deus? Como assim? Que inversão teológica é essa?

“Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão.”- Romanos 14:13

“Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” – João 6:37

“E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.2 Coríntios 5:15

“Mas, se por causa da comida se contrista teu irmão, já não andas conforme o amor. Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu”.Romanos 14:15

Obs: Paulo aqui não fala exatamente sobre comida, ele se refere a opinião própria, a costume, a concepção particular de cada um, fica claro isto quando ele diz: “Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda”. Romanos 14:14

“Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. ” Romanos 5:18

Então meu caros, espero que tenha esclarecido a mente de vocês, ninguém pode se dizer defensor da palavra de Deus deturpando todo o resto, a não por própria ignorância ( falta de informação ), que não é o caso de Silas, Teólogo e Psicólogo, informação ele tem, ele não tem é caráter e personalidade, é um dos muitos falsos profetas em pele de cordeiro! Portando, o que vale mediante a Psicanálise, a Psiquiatria e a Teologia são as seguintes conclusões:

1- Silas Malafaia é um potente candidato a homossexual enrustido.

2 – Silas Malafaia esta longe de ser pregador do evangelho, pois o mesmo é inclusivo e não exclusivo, ele não é esse bixo de sete cabeças que Silas fala, o trabalho que Silas tem feito é o papel de serpente, que engana os ingênuos, e que por isso tem perecido muita gente como já dizia o profeta:  “porque meu povo se perde por falta de conhecimento;(…)”.Oséias 4:6.

3 – Silas não tem caráter, usa a palavra de Deus para benefícios próprios, para satisfazer seu desejo reprimido e para embolsar dinheiro dos fiéis, se você é da igreja dele, peça a receita federal que ela mostre a conta e em que o dinheiro de vocês tem sido empregado, veja se não é por causa do avião de 19.844.00 ( Dezenove Milhões e Oitocentos e quarenta e quatro mil reais ) que ele comprou. ( http://www.pulpitocristao.com/2009/12/silas-malafaia-compra-aviao-de-12-milhoes-de-dolares/)

E um aviso fiéis, “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos”. – Mateus 24:1

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores”. – Mateus 7:15

Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples.”- Romanos 16:18

Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.” – 2 Coríntios 11:3

“E Ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim;” Marcos 7:6

“Ajuntando-se entretanto muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer aos seus discípulos: Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia“.Lucas 12:1

 Jesus em nada falou sobre homossexualidade, nem sequer a citou como abominação, mas uma coisa ele disse abominar, e disse com ira, e com furor e são estes, os que pregam o que não vivem e o que fingi ser e não, o hipócrita!

“Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Vós fechais aos homens o Reino dos céus. Vós mesmos não entrais e nem deixais que entrem os que querem entrar.{Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Devorais as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso, sereis castigados com muito maior rigor.}Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis mares e terras para fazer um prosélito e, quando o conseguis, fazeis dele um filho do inferno duas vezes pior que vós mesmosAi de vós, guias cegos! Vós dizeis: Se alguém jura pelo templo, isto não é nada; mas se jura pelo tesouro do templo, é obrigado pelo seu juramento. Insensatos, cegos! Qual é o maior: o ouro ou o templo que santifica o ouro? E dizeis ainda: Se alguém jura pelo altar, não é nada; mas se jura pela oferta que está sobre ele, é obrigado. Cegos! Qual é o maior: a oferta ou o altar que santifica a oferta? Aquele que jura pelo altar, jura ao mesmo tempo por tudo o que está sobre ele. Aquele que jura pelo templo, jura ao mesmo tempo por aquele que nele habita. E aquele que jura pelo céu, jura ao mesmo tempo pelo trono de Deus, e por aquele que nele está sentado. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Pagais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e desprezais os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia, a fidelidade. Eis o que era preciso praticar em primeiro lugar, sem contudo deixar o restante. Guias cegos! Filtrais um mosquito e engolis um camelo. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Limpais por fora o copo e o prato e por dentro estais cheios de roubo e de intemperança. Fariseu cego! Limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o que está fora fique limpo. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Sois semelhantes aos sepulcros caiados: por fora parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos, de cadáveres e de toda espécie de podridão. Assim também vós: por fora pareceis justos aos olhos dos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Edificais sepulcros aos profetas, adornais os monumentos dos justos e dizeis: Se tivéssemos vivido no tempo de nossos pais, não teríamos manchado nossas mãos como eles no sangue dos profetas… Testemunhais assim contra vós mesmos que sois de fato os filhos dos assassinos dos profetas. Acabai, pois, de encher a medida de vossos pais! Serpentes! Raça de víboras! Como escapareis ao castigo do inferno? Vede, eu vos envio profetas, sábios, doutores. Matareis e crucificareis uns e açoitareis outros nas vossas sinagogas. Persegui-los-eis de cidade em cidade, para que caia sobre vós todos o sangue inocente derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até o sangue de Zacarias, filho de Baraquias, a quem matastes entre o templo e o altar. Em verdade vos digo: todos esses crimes pesam sobre esta raça” – Mateus 23:12 a 36

Na hora de pedir dízimos e pedir assinaturas para continuar a satisfazer a tua podridão e querer sujar o nome da   Igreja faz uma linda cara, com imensas pregações e orações aos que lhe apoia e aos que não concordam contigo  faz o inferno! Falou que não gostava de G12, mais quando passou a gerar grana, passou a a gostar !

Vejam no vídeo fiéis:  

   Comprou seu avião de 19 milhões milhões de reais e  agora se acha no direito de infernizar a vida dos outros

Jesus não morreu numa cruz pra te encher o bolso! Você pode querer pregar essa sua Teologia da Prosperidade,   mais Deus te vê! Ele não prometeu dinheiro, ele prometeu paz, amor, descanso, vida eterna em abundância de frutos do Espírito e não uma conta milionária! Ele não morreu só pra você e pra laia que te conhece e sabe quem é você, você engana os simples de coração e de mente inocente os levando pelas tuas belas palavras com meia dúzia de palavras sem contexto bíblico algum! Ah, como Deus existe o Juízo dEle cairá sobre ti! TODOS foram lavados e remidos pelos sangue de Jesus,  homossexuais, bissexuais, travestis, transexuais,  heterossexuais, é isto que a palavra dEle diz! 

Ao Silas Jesus abomina, pois ele fecha o Reino de Deus a quem quer entrar ( homossexuais ), prega primeiro o dízimo e esquece a misericórdia, a fé e o amor que são os principais! Filtra um mosquito e engole um camelo, esta na cara que você erra com o dinheiro e com o ódio e quer achar mosquitos na índole dos outros que nem de sua conta é! Prega muito bem com palavras bonitas e formosas, faz longas orações, tira o dinheiro dos inocentes para crescer o seu patrimônio, quando você estava no começo não se atrevia a julgar, mais agora, depois que fez o seu prosélito faz os homossexuais filhos do inferno duas vezes pior! Mais você é um cadáver e de toda a espécie o mais podre, cheio de hipocrisia e e iniquidade, quer se fazer de justo utilizando o tempo e a lei dos profetas para julgar e condenar e assinar almas e levar jovens ao suicídio! Víbora! Cairá sobre ti o sangue inocente derramado e não escapareis do castigo do inferno!

A você caro leitor, mesmo que com toda esta explicação, ainda quiser ignorar, lembre-se, você saiu da ignorância e agora tem conhecimento e se tem conhecimento afasta-se deste homem e  repudie suas atitudes para que sangue de inocentes não sejam derramados pelo inferno que ele faz aos homossexuais, sendo ele um deles!

E o que o Profeta Oséias profetizou para ti é condenação e para todos aqueles que também rejeitarem este conhecimento!

“…porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei…”. – Oséias 4:6

Qualquer dúvida, me escreva por post e lhe respondo por e-mail!

3 Respostas to "O Problema do Silas Malafaia! @PastorMalafaia nos fale do seu avião de 19 milhões de reais!"

Pessoal,
Olhem o video abaixo: Ana Paula Valadão fala sobre os homossexuais

é interessante falar, contestar, questionar.
é muito facil colocar um contra o outro e formular pensamentos.
A Bíblia diz que é inevitavel que tais coisas aconteçam.
Deus não é afavor do homosexualismo, ja destruio duas cidades inteiras por causa dessa pratica.
Ele ainda é cpaz de deixa o homem entregue a si a seus proprios desejos pecaminosos.
pessoa jamais teram alguma razão, mas Deus é a verdade.
e eu não quero que meus filhos sejam EDUCADOS por qualquer tipo de gay, seja rico ou pobre, feio ou bonito.

A questão aqui, não é colocar um contra o outro, é abrir os olhos para aqueles que se fazem de santos para encher a barriga as custas alheias. Seus filhos já são educados por homosexuais, existem mais de 20 milhões de homossexuais e a maioria deles é da área da saúde e educação, com ótimos cargos, a violência que eles sofrem, fazem com que eles sejam bem mais sucedidos que heterossexuais, mais isto não vem ao caso. O problema, mais uma vez é: Falta de conhecimento! Deus não destruiu Sodoma por causa de homossexualiDADE, isso é pura ignorância pregada. Veja claramente: No começo da história, lemos que o sobrinho de Abraão, Ló, que mora em Sodoma encontrava-se sentado nos portões da cidade quando chegaram dois anjos, disfarçados de homens. Ló os saudou, convidando-os a passarem a noite na sua casa. Não havia hoteis, nem sequer uma pequena pousada naquela época, portanto os viajantes tinham que depender da gentileza e boa-vontade dos residentes para acomodação. “Obrigado,” disseram eles, mas, vamos pernoitar na praça, muito obrigado. Não me parece uma boa idéia, pensou Ló, e insistiu tanto com os estrangeiros que estes não puderam negar e concordaram em ir pousar na casa de Ló. Como um homem generoso Ló, ofereceu comida e eles, após cearem preparavam-se para deitar.
Aparentemente a notícia da chegada dos homens espalhou-se pela cidade como rastilho de pólvora, pois logo todos os homens da cidade se encontravam na porta de Ló, clamando pela presença dos homens. No versículo 5 lemos: “…Traze-os fora a nós, para que os conheçamos” (yadtha, ou yadha). Em algumas outras traduções lemos “…Traze-os para fora a fim de que possamos ter relações sexuais com eles” (yadtha, ou yadha).
Ló sai de casa para tentar acalmar as pessoas da cidade. “Meus irmãos, rogo-vos que não procedais tão perversamente; eis aqui, tenho duas filhas que ainda não conheceram varão; eu vo-las trarei para fora, e lhes fareis como bem vos parecer: somente nada façais a estes homens, porquanto entraram debaixo da sombra do meu telhado. Eles, porém, disseram: Sai daí. Disseram mais: Esse indivíduo, como estrangeiro veio aqui habitar, e quer se arvorar em juiz! Agora te faremos mais mal a ti do que a eles. E arremessaram-se sobre o homem, isto é, sobre Ló, e aproximavam-se para arrombar a porta. Aqueles homens (os anjos), porém, estendendo as mãos, fizeram Ló entrar na casa, e fecharam a porta; e feriram de cegueira os que estavam do lado de fora, tanto pequenos como grandes, de maneira que cansaram de procurar a porta”.
Com o amanhecer os estrangeiros conduziram Ló, sua esposa, e suas duas filhas para fora da cidade. Então disseram os homens a Ló: “Tens mais alguém aqui? Teu genro, e teus filhos, e tuas filhas, e todos quantos tens na cidade, tira-os para fora deste lugar. Corram, não parem e não olhem para trás!” E Deus mandou uma chuva de enxofre e fogo desde os céus, sobre as cidades de Sodoma e Gomorra e as destruiu.
Essa é a história resumida da destruição de Sodoma e Gomorra. Seria uma história sobre a homossexualidade? Será que Deus condenou os sodomitas por serem homossexuais? Teria Deus decidido destruir as cidades de Sodoma e Gomorra e todos os seus habitantes por causa deste único incidente de comportamento inapropriado? Antes de começarmos a examinar essa história, cremos que é importante ressaltar que apesar do que está escrito na primeira frase acima, a grande maioria das instituições religiosas não considera mais a história relatada, como tendo alguma relação com a homossexualidade em si, exceto talvez alguns mais radicais ou fundamentalistas. Existem demasiadas evidências que provam o contrário, de fontes variadas. Vamos examiná-las.
Ló era relativamente um recém chegado em Sodoma. Gênesis 13 nos diz que Abraão e seu sobrinho Ló tinham residido juntos por um breve tempo, mas seus respectivos séquitos tornaram-se tão grandes que a terra na qual eles estiveram a viajar já não conseguia mais sustentá-los, então eles decidiram seguir caminhos separados. Ló e sua família decidiram viajar em direção a Sodoma. Aparentemente eles não estiveram vivendo na cidade desde há muito tempo antes da chegada dos estrangeiros (anjos).
Parece ser da natureza das pessoas o fato de serem suspeitosas a respeito de recém-chegados. Isto era verdade principalmente em relação àqueles dias quando as cidades eram muitas vezes invadidas por bandos nômades de vândalos saqueadores. Ló pode ter estado lá o tempo suficiente para ter vencido a desconfiança e ser aceito, porém quando ele convidou mais dois estrangeiros para a sua casa, essa ação chamou imediatamente a atenção da comunidade.
É possível que, temendo uma ameaça à cidade, os homens decidiram reunir-se em tumulto na porta de Ló, a fim de descobrirem, conhecerem, (yadtha) quem eram tais homens e quais eram as suas intenções? Será que os sodomitas suspeitaram que aqueles homens poderiam na verdade ser parte de uma missão de reconhecimento enviada para infiltrar-se na cidade, a fim de descobrirem suas vulnerabilidades e relatá-las para um eventual exército aguardando do lado de fora para sitiá-la? Pode ser que ao reunirem-se de forma tumultuada na porta de Ló, os homens estivessem gritando: “Quem são esses homens? Traga-os para fora a fim de que possamos descobrir o que exatamente eles pretendem?”
Será que Deus decidiu destruir as cidades por causa do que os sodomitas disseram e fizeram como nos relata o capítulo 19? Não! Se verificarmos no versículo 13 do capítulo 13 podemos perceber que os habitantes de Sodoma eram maus e perniciosos, e grandes pecadores contra Deus.
Deus manifesta sua intenção no capítulo 18. Nessa passagem lemos que três homens abordam Abraão, enquanto ele descansava em frente à sua tenda. As Escrituras identificam esses três homens como sendo o Senhor e mais dois anjos (ou ainda Deus em forma de Três: a Trindade?); apesar de que Abraão os reconhece como três homens. Ele então lhes demonstra sua hospitalidade e após terem ceado dizem a Abraão que Sara, sua esposa teria um filho no próximo ano. Sara, que estava às escondidas ouvindo a conversa começou a rir consigo mesma, diante do absurdo que seria o fato dela engravidar sendo já idosa como era. Quando o Senhor indaga Sara por que esta ria-se, ela nega que tivesse rido, mas o Senhor não aceita sua negativa e afirma que ela de fato havia rido. Agora Abraão finalmente entende com quem ele está falando.
Então Deus diz a Abraão que por causa da maldade, Sodoma e Gomorra estavam em risco de serem destruídas. Deus enviou os dois anjos para determinarem a extensão desta maldade. Na mesma hora Abraão lembrou-se de Ló e sua família, começando a barganhar com Deus, visando salvá-los. “Destruirás também o justo com o ímpio?” Abraão pergunta. “Se porventura houver cinqüenta justos na cidade?”. “Não”. “E se tiverem quarenta justos, ainda assim destruirias a cidade?”. “Não”. “Trinta?”. “Não”. “Vinte?”. “Não”. “Dez?”. “Não”. Deus não destruiria a cidade se fosse possível encontrar dez pessoas retas de coração. Entretanto como nos diz o versículo 4, do capítulo 19, todos os homens da cidade estavam batendo à porta de Ló, selando o destino da cidade. Mas qual era o pecado deles? Era a homossexualidade? Ou era outra coisa?
Precisamos analisar esta palavra yadtha, a qual é traduzida como conhecer em algumas versões e fazer sexo com, em algumas outras traduções. Existem muitas palavras em do hebraico que são traduzidas como conhecer. Nas Escrituras a palavra ‘yadtha’ significa ter completo e extensivo conhecimento de algo ou de alguém, e inclui também ter conhecimento sexual. Mas, das 943 vezes em que essa palavra é usada nas Escrituras Hebraicas (Antigo Testamento), somente dez vezes ela refere-se a relações sexuais. Isto quer dizer que existem 933 vezes em que a palavra é usada para referir-se a outras coisas que não signifiquem relações sexuais.
O que mais desejavam os homens que cercaram a casa de Ló, que não fosse saber as intenções dos estrangeiros? É fácil perceber que, se eles estivessem achando que os estrangeiros fossem na verdade espiões infiltrados, eles quisessem dominá-los, subjugá-los (e aqui entra um pouco de nossa experiência pessoal, nos anos em que estivemos trabalhando no Continente Africano. Tivemos a oportunidade de presenciar uma situação semelhante, quando uma multidão de pessoas simplesmente trucidou completamente dois homens, porque foram acusados de estarem passando por rádio informações à guerrilha, na cidade de Malange, que estava sendo bombardeada. Foi absolutamente impossível para as autoridades constituídas conseguirem controlar a população, apesar de que nunca se produziu prova de que os homens estivessem realmente passando informações estratégicas) . Como então eles os dominariam e subjugariam? Uma prática comum no Oriente Médio, naquela época, em caso de alguém ser derrotado e feito prisioneiro em uma batalha, era o intercurso sexual anal forçado. Como uma maneira de humilhar seus prisioneiros os vencedores os violentavam.
Está claro que Ló imaginou que os homens da cidade estavam inclinados à violência sexual, uma vez que ele decidiu oferecer suas duas filhas virgens no lugar dos homens. Apesar de que poderíamos achar a oferta de Ló algo repugnante nos dias atuais, nos tempos de Ló, a importância da Lei da Hospitalidade e proteção de hóspedes superava a importância do amor e da proteção à família. Na verdade, podemos concluir sem receio de enganos que o comportamento condenável dos sodomitas foi o desrespeito ao seu próprio Código de Hospitalidade em relação aos estrangeiros.
A Bíblia Anotada New Oxford afirma: “…a questão principal aqui é a hospitalidade aos visitantes divinos. Nesta passagem a sacralidade da hospitalidade é ameaçada pelos homens da cidade que queriam violentar (conhecer) os hóspedes. Apesar da implícita (e óbvia) desaprovação ao abuso homossexual nesta passagem, o ponto principal desta passagem parece ser a ameaça que os habitantes representam ao valor da hospitalidade. A hospitalidade é tão valorizada neste contexto, a ponto de neutralizar a negatividade da atitude de Ló ao oferecer suas filhas em lugar de seus hóspedes, o que hoje seria uma atitude impensável e repugnante à qualquer leitor.”
Será que o código da hospitalidade era tão sério assim naquela época? Quando começamos a pensar que viajantes que não tinham opção de acomodação, tinham que ficar sozinhos durante a noite, em vielas e becos, ou ainda nas praças da cidade, ficando assim vulneráveis a ataques de ladrões e salteadores; entendemos que uma amigável porta aberta poderia significar a diferença entre vida e morte, então rapidamente percebemos a importância da boa-vontade de ser hospitaleiro.
Será que a quebra do código da hospitalidade foi realmente a principal razão para a condenação de Sodoma? Jesus achava que sim. Como nos mostra Mateus 10 também em Lucas 10, Jesus envia seus discípulos e dá a eles autoridade para curar os enfermos, expulsar demônios e proclamar as boas novas da salvação. Ele os ensina que quando chegassem a uma cidade procurassem quem fosse digno e pousasse na casa dessa pessoa. ” E, se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.
Aqui, percebemos que Cristo faz uma comparação entre a punição reservada à cidade que não possui o dom da hospitalidade em relação aos seus discípulos, e àquela reservada à Sodoma e Gomorra.
Existem outras evidências bíblicas que indicam que, o que os homens da cidade realmente tencionavam eram mesmo a prática da violência sexual e do estupro? No livro de Juízes, capítulo 19, encontramos uma história semelhante a de Sodoma e Gomorra. Um homem viajando com sua concubina chega até a cidade de Gibeá, e no versículo 15 encontramo-lo sentado na praça da cidade. Ao anoitecer vinha um velho do seu trabalho no campo, os encontra e os convida para pousarem em sua casa. No começo do versículo 22 lemos: Enquanto eles alegravam o seu coração, eis que os homens daquela cidade, filhos de Belial, cercaram a casa, bateram à porta, e disseram ao ancião, dono da casa: Traze cá para fora o homem que entrou em tua casa, para que o conheçamos (yadtha’). Encontramos em algumas traduções: “Traze cá para fora o homem que entrou em tua casa, para que tenhamos sexo com ele. (yadtha’)”.
Como na história de Sodoma e Gomorra, o velho oferece sua filha virgem à população, e o homem oferece a sua concubina, mas os homens da cidade não estão interessados. Mas ainda assim eles põem-na do lado de fora, e ela foi estuprada e abusada toda a noite. Quando o dia amanhece ela é liberada, e acaba por falecer à porta de casa.
A despeito do fato de a linguagem usada pela multidão nesta passagem ser a mesma usada na passagem de Sodoma e Gomorra, ainda não tivemos conhecimento de nenhum pesquisador ou comentarista sugerir que os homens de Gibeá eram homossexuais. Ressalte-se que enquanto os Sodomitas simplesmente ameaçaram violá-los, os homens de Gibeá consumaram o fato, chegando a causar a morte da concubina. Ainda assim, Deus não mandou imediatamente uma chuva de enxofre e fogo sobre Gibeá como castigo pelo que os homens haviam dito. Se foi usada a mesma linguagem, inclusive o mesmo verbo original no Hebraico (yadtha) em ambas as histórias, por que somente os habitantes de Sodoma são considerados homossexuais? Por que estes acabaram por estuprar a concubina, o que não se pode considerar como um comportamento homossexual, que neste caso provavelmente não iriam querer ir além de “trocar receitas” com a concubina? Talvez porque a história de Gibeá apresenta um detalhe adicional que não encontramos na história de Sodoma. O homem, quando perguntado mais tarde pelos israelitas sobre o que havia acontecido, responde (versículo 20:5): “E os cidadãos de Gibeá se levantaram contra mim, e cercaram a casa de noite, e intentaram matar-me, e violentaram a minha concubina, de maneira que morreu.” Ele não parecia muito preocupado com sua própria ameaça de estupro (?), do que com a intenção de matá-lo. Apesar de que Deus não fez chover enxofre e fogo do céu sobre Gibeá, ao final do capítulo 20 lemos que todos foram mortos a fio de espada e a cidade incendiada.
Existe qualquer outra relevante referência bíblica referente à razão que levou Deus a destruir Sodoma e Gomorra? Sim. O grande profeta Ezequiel foi chamado por Deus para castigar Jerusalém, que havia sido uma cidade cananita e tornara-se judaica. Deus zelava por essa cidade e ela tornou-se próspera, mas então o poder subiu-lhe à cabeça. Voltou-se para a idolatria, sacrifícios de crianças, e estabeleceu más alianças com outras nações. Então Ezequiel foi chamado a repreendê-la e a comparou com “a sua irmã” Sodoma, “Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca estendeu a mão ao pobre e ao necessitado. Também elas se ensoberbeceram, e fizeram abominação diante de mim; pelo que, ao ver isso, as tirei do seu lugar” (Ezequiel 16,49-50).
Agora temos pela palavra do grande profeta Ezequiel as razões pelas quais Deus destruiu Sodoma e Gomorra. Nenhuma menção à homossexualidade, nenhuma vaga menção sequer. Os sodomitas eram soberbos, glutões (gordos? Oh Deus, ajuda), egoístas. Não ajudavam aos mais necessitados, julgavam-se melhores que os outros e cometiam abominações. Que ou quais seriam tais abominações?
Na Concordância Bíblica de Strong encontramos que a palavra hebraica usada é towebah, ou toebah, e define abominação da seguinte maneira: algo repulsivo, odioso, que causa fastio, ou seja, uma repugnância, aversão; especialmente idolatria ou concretamente um ídolo. Então Strong nos diz que o uso da palavra (toebah) está relacionado a descrever a abominação da idolatria. Lembre-se que o primeiro Mandamento diz: ”Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei do Egito, da escravidão. Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 10,2-3).
Na concepção dos hebreus, esse mandamento é o primeiro e mais notável. Qualquer coisa menor que a absoluta devoção a Yaveh é considerada a pior atitude de uma pessoa; sendo ainda considerada detestável, abominável.
Examinaremos as práticas idólatras quando chegarmos ao Levíticos.
Só há uma passagem na Bíblia que faz ligação entre atividade sexual com Sodoma e Gomorra e sua destruição; no livro de Judas.

Decidimos estudar Judas agora, apesar de não estarmos ainda estudando o Novo Testamento porque muito do que diz este livro tem relação com a história de Sodoma e Gomorra.
A fim de facilitar nosso estudo, incluímos algumas diferentes traduções do livro de Judas. Aconselhamos que usem também o maior número possível de diferentes versões da Biblia, de maneira que possamos ter uma idéia de como as diferenças entre uma língua arcaica e uma língua moderna podem afetar o entendimento de algumas passagens em particular, e também a fim de que possamos perceber como o uso de versões de linguagem atualizada e diferentes intérpretes podem apresentar versões e visões diferentes a partir de um mesmo episódio.
Judas 7 – Versão Bíblia Eletrônica – Leandro Calçada:
7 “…assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles anjos, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno”.
Judas 7 – Versão Bíblia Apologética – BA:
7 “…como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno”.
Judas 7 – Versão Sociedade Bíblica do Brasil – SBB:
7 “Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles, seguindo após outra carne, são postas para exemplo do fogo eterno, sofrendo punição”.
Judas 7 – Versão Nova Versão Internacional – NVI:
7 “De modo semelhante a estes, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram a imoralidade e as relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”.
Judas 7 – Versão Reina Valera – RV:
7 “Como Sodoma e Gomorra e as cidades vizinhas, as quais da mesma maneira que aqueles, fazendo fornicações e indo atrás de vícios contra a natureza, foram postas como exemplo, sofrendo o castigo do fogo eterno”.
Judas 7 Versão Tradução Ecumênica da Bíblia – TEB:
7 “Quanto a Sodoma e a Gomorra, e às cidades circunvizinhas que, de modo semelhante, se tinham entregue à prostituição e tinham corrido atrás dos seres de outra natureza, jazem, para servir de exemplo, sob o castigo do fogo eterno”.
Judas 7 Versão Editora Ave Maria – EAM:
7 Da mesma forma que Sodoma e Gomorra e as cidades circunvizinhas, que praticaram as mesmas impurezas e se entregaram a vícios contra a natureza, jazem lá, como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno”.
(Se você tiver outras versões, pode adicionar aqui o que ela diz e comparar)
O livro de Judas é muito curto, com um capítulo apenas. Os pesquisadores não sabem com certeza quem é o autor, mas ele se identifica como “servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago.” Esta é na verdade a única passagem em toda a Bíblia onde é apresentada uma conexão entre atividade sexual e Sodoma e Gomorra e sua condenação. No âmbito dessa conexão encontramos ainda a afirmação de que não só as cidades foram destruídas, mas seus habitantes foram aparentemente mandados para o inferno (a pena do fogo eterno). Mas qual foi o pecado deles??? Bem, de acordo com Judas, e dependendo da tradução eles se deram à fornicação, e seguindo atrás de uma “outra carne estranha” ou se deram à prostituição (imoralidade e perversão sexual), ou cometeram vícios contra a natureza…
Qual foi o pecado deles? De acordo com os ensinamentos de várias igrejas cristãs o pecado deles era a homossexualidade. Será que foi? Uma versão diz que eles estavam seguindo após outra carne . Sabe-se que homossexuais na verdade não seguem “outra carne”, mas aqueles de mesmo sexo. Então, pode se aplicar essa passagem à homossexuais? Não. Então a que ou a quem essa passagem está se referindo?
Lembre-se da importância de mantermos as Escrituras dentro de seu contexto (Regra de Ouro da Contextualização). Preste atenção nas construções gramaticais “Assim como” e “como”, com as quais começam os versículos. Estas frases indicam uma comparação entre o que aconteceu em Sodoma e Gomorra com o que havia acontecido antes. Voltemos ao versículo seis.
Judas 6 – Versão Bíblia Eletrônica – Leandro Calçada:
6 “…aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia”,
Judas 6 – Versão Bíblia Apologética – BA:
6 “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até as juízo daquele grande dia”.
Judas 6 – Versão Sociedade Bíblica do Brasil – SBB:
“e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas em algemas eternas para juízo do grande dia”.
Judas 6 – Versão Nova Versão Internacional – NVI:
6 “E, quanto aos anjos que não conservaram sua posição de autoridade mas abandonaram sua própria morada, eles os tem guardado em trevas, presos com correntes eternas para o juízo do grande dia”.
Judas 6 – Versão Reina Valera – RV:
6 “ E aos anjos que não guardaram sua dignidade, mas que abandonaram sua própria morada, os há guardado sob trevas, em prisões eternas, para o juízo do grande dia”.
Judas 6 – Versão Editora Ave Maria – EAM:
6 “Os anjos que não tinham guardado a dignidade de sua classe, mas abandonando os seus tronos, ele os guardou com laços eternos nas trevas para o julgamento do grande dia”.
(Se você tiver outras versões, pode acrescentar aqui também)
Judas está comparando o que aconteceu em Sodoma e Gomorra com o que nós chamamos de Anjos caídos. O que quer que tenham feito os anjos, foi algo similar ao que fizeram os habitantes de Sodoma e Gomorra. O que será que fizeram? Encontraremos a resposta em Gênesis seis:
Gênesis 6, 1-2,4 – Versão Bíblia Eletrônica – Leandro Calçada:
1 “Sucedeu que, quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e lhes nasceram filhas, 2 viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. 4 Naqueles dias estavam os nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Esses nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houve na antigüidade”.
Gênesis 6, 1-2,4 – Versão Bíblia Apologética – BA:
1 “E aconteceu que, como os homens começaram a se se multiplicar sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas. 2 Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. 4 Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens, e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama”
Gênesis 6, 1-2,4 – Versão Sociedade Bíblica do Brasil – SBB
1 “Como se foram multiplicando os homens na terra, e lhes nasceram filhas, 2 vendo os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres, as que dentre todas mais lhes agradaram. 4 Ora, naquele tempo havia gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos; estes foram valentes, varões de renome, na antiguidade”.
(Aqui você pode colocar as versões que a versão da tua Bíblia apresenta e ver como é diferente…)
Esses versículos são admitidamente muito controversos. Existem opiniões diversas entre os pesquisadores sobre o que esses versículos querem dizer exatamente. Existem discordâncias quanto a quem seriam os “filhos de Deus”. Alguns acreditam que seriam seres humanos seguidores de Deus. Se esse argumento for verdade, por que haveria o autor de diferenciar entre os filhos de Deus e as filhas do homem? Temos uma referência bíblica que nos indica que eles eram seres da corte de Deus. Jó 1,6 nos diz “E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles”.
Então vemos que houve um tempo em que os anjos vieram à Terra e se sentiram atraídos pelas mulheres. Eles casaram-se com elas (ou simplesmente “as possuíram”, como é a versão apresentada pela controvertida Nova Versão Internacional) e tiveram filhos. Então encontramos uma palavra peculiar que é traduzida como gigante. Uma das versões que usamos nem sequer importou-se em traduzi-la, mas simplesmente tomou as letras do Hebreu e a escreveu em Português (ou o que parecia mais próximo de) Nefilim. Esta palavra é tão rara que ninguém sabe com certeza o que significa, mas tem algo a ver com ser estranho, esquisito, bizarro, grotesco, enorme, gigantesco. Apesar de que seu sentido literal não é conhecido, parte de sua raiz é Naw-fal, o que significa cair ou caído. Mas, qualquer que seja o significado, era algo que não agradava a Deus, porque resultou no dilúvio.
Então Judas está nos dizendo que alguns anjos abandonaram seu lar celestial, e o que quer que tenham feito, acabou por condená-los a serem acorrentados até o fim dos tempos. Gênesis 6,1-4 nos diz que aqueles anjos coabitaram com mulheres mortais (humanas) e tiveram filhos grotescos, gigantescos. Qual foi o pecado daqueles anjos? Terem coabitado com um ser de uma diferente ordem (de uma “carne” diferente), de diferente espécie da sua.
Então Judas diz que, o que os sodomitas fizeram, foi o mesmo que os anjos fizeram, e como estes, foram também punidos. Então qual foi a outra carne que os Sodomitas seguiram? Não foi por serem pessoas do mesmo sexo, mas por serem anjos, seres de diferente espécie.
Adicionalmente ao que foi mencionado sobre os pecados de Sodoma e Gomorra, o primeiro capítulo de Isaías indica que a razão pela qual Deus se retirou dessas cidades era porque suas mãos estavam cheias de sangue (Isaias 1,15) e semelhantemente ao que escreveu Ezequiel, eles eram injustos, não amparavam os oprimidos, os menos favorecidos, as viúvas e os órfãos. (Isaías.1,17). Jeremias também lista uma série de irresponsabilidades e as atribui a Sodoma e Gomorra.
Portanto, nós podemos perceber que existiram várias razões para que Deus destruísse as cidades: orgulho, imoralidade, falta de cuidado com os mais vulneráveis e necessitados naquela sociedade, falta de hospitalidade e uma tentativa de abuso sexual de seres de diferente espécie. Nem uma única palavra sobre homossexualidade.
Para aqueles que ainda argumentam que, o que os homens de Sodoma queriam era sexo homossexual, solicitamos que leiam Juízes 19, o que é um paralelo à história de Sodoma e Gomorra. Naquela passagem vemos que quando a concubina foi lançada à multidão, ela foi vítima de abuso sexual repetidamente até que morreu, da mesma maneira que teriam feito com o homem, se o velho tivesse permitido que ele saísse da casa. Está óbvio que a intenção era estuprar o homem e não amá-lo; devemos nos lembrar que o estupro e o abuso sexual tem sempre a ver com violência, e não com sexo consentido, e definitivamente nada a ver com amor; amor que acontece entre duas pessoas que por acaso são do mesmo sexo, nada mais.”
Fonte: http://www.betelrj.com
Sobre Romanos, veja o vídeo:

Quem é de Deus, da ouvidos ao conhecimento, pois o conhecimento faz parte de Deus e quem não o aceita, é lançado fora (Oséias 4 )

Abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Autor

Ativista dos Direitos Humanos (Principalmente LGBTs ); Teólogo;Homeopata; Psicanalista, especialista em Sexualidade Humana, Filosofia, Sociologia;Blogueiro.

Este Blog é protegido por direitos autorais

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 69 outros seguidores

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

Psicoterapia Online

homofobia-basta@live.com

Me adicione no FacebooK

Curta a comunidade do Blog no Facebook, Clique na Imagem!

Me adicione no Orkut

Me siga no Twitter

Homofobia Basta!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Quer ajudar o Blog? Faça sua Doação!

Portal Colaborativo Teia Livre

Igreja Progressista de Cristo

Parceiros de causa

Se você realmente ama seus amigos, defenda-os da Homofobia!

Contradições no discurso do Senador Magno Malta

Vítimas da Homofobia

Mais fotos

Estatísticas do Blog

  • 438,192 Pessoas viram esse Blog
%d blogueiros gostam disto: